Porto Alegre, quarta-feira, 22 de Outubro de 2014

  • 09/04/2014
  • 07:36
  • Atualização: 07:47

Pistorius afirma que não tinha intenção de matar namorada

Campeão paralímpico é julgado pelo assassinato da modelo Reeva Steenkamp

Irmã de Pistorius (terceira da esquerda para direita) chora ao ouvir relato | Foto: Kim Ludbrook / Pool / AFP / CP

Irmã de Pistorius (terceira da esquerda para direita) chora ao ouvir relato | Foto: Kim Ludbrook / Pool / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O campeão paralímpico sul-africano Oscar Pistorius, acusado de ter matado a namorada Reeva Steenkamp em 14 de fevereiro de 2013, afirmou nesta quarta-feira, no tribunal, que não tinha a intenção de cometer o crime.

Ao recordar os minutos que precederam o crime, o advogado do acusado perguntou: "Senhor Pistorius, você teve em algum momento a intenção de matar a Reeva?". "Eu não tinha a intenção de matar Reeva (...) ou qualquer outra pessoa", disse o atleta.

Em seguida, a palavra foi passada ao promotor Gerrie Nel, que iniciou o ataque a partir da primeira pergunta. Cometi um erro", admitiu Pistorius. "Cometeu um erro? Você matou uma pessoa, foi isso o que você fez!", rebateu Gerrie Nel, visivelmente irritado.

Pistorius está sendo julgado pelo assassinato da modelo Reeva Steenkamp. Ele já se declarou inocente e afirmou que a matou achando que tinha disparado contra um ladrão que invadiu sua casa. Pistorius também foi acusado de infrações à lei sobre o porte de armas e, da mesma maneira, alega inocência. O julgamento começou em 3 de março em Pretória, mas sofreu atrasos por vários incidentes e problemas de tradução.

Bookmark and Share