Porto Alegre, segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014

  • 09/04/2014
  • 09:11
  • Atualização: 09:36

Nadador Ian Thorpe não voltará a competir, anuncia agente

Australiano está internado em estado grave após operar o ombro

Medalhista olímpico não poderá mais competir  | Foto: Kazuhiro Nogi / AFP / CP

Medalhista olímpico não poderá mais competir | Foto: Kazuhiro Nogi / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O nadador australiano Ian Thorpe não poderá voltar a competir, em consequência da infecção no ombro que provocou sua hospitalização, anunciou o agente do atleta, James Erskine.

O empresário admitiu que Thorpe contraiu uma infecção depois de uma operação no ombro, mas negou as informações da imprensa de que o atleta poderia perder os movimentos do braço esquerdo. "São apenas conjecturas da imprensa. Teve uma infecção e como em todas estas coisas, (os médicos) o estão tratando com total
seriedade", disse Erskine.

Segundo Erskine, Thorpe não está na UTI e que "apesar de grave, ninguém falou da possibilidade de perder a mobilidade do braço". o agente contou que Thorpe, dono de cinco medalhas de ouro olímpicas e chamado de 'Torpedo', rompeu o ombro há alguns meses em uma queda.

"Não posso dizer exatamente que partes rompeu, mas o que posso dizer é que se você observasse as radiografias e as placas e parafusos que ele tem, parece um homem biônico". Ao ser questionado sobre a possibilidade do nadador, de 31 anos, retornar às competições, Erskine foi claro. "A resposta é não, não vai voltar a competir".

Thorpe conquistou cinco títulos olímpicos nos Jogos de Sydney-2000 e Atenas-2004, tornando-se o atleta australiano mais vitorioso da história. Entre 1998 e 2004 também conquistou 11 títulos mundiais e 13 recordes mundiais.
Ele encerrou sua carreira em 2006, tentou voltar em 2012, mas não conseguiu se classificar para as Olimpíadas de Londres-2012.

O australiano sofreu problemas de depressão recentemente e foi internado em fevereiro por ter sido encontrado andando desorientado pelas ruas Sydney, sob efeito de medicamentos.


Bookmark and Share