Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 09/04/2014
  • 17:13
  • Atualização: 17:15

Mourinho é um “habitué” de situações inusitadas em campo

Corrida para comemorar gol sobre o PSG não foi primeiro episódio curioso do treinador português

  • Comentários
  • Lancepress

O técnico do Chelsea, José Mourinho, protagonizou mais uma cena curiosa e inesperada durante a vitória por 2 a 0, nessa terça-feira, sobre o PSG. O português não conseguiu segurar a empolgação no gol de Demba Ba e saiu correndo pela lateral do campo de jogo.

Apesar de ter dito que a correria não foi para comemorar, pouca gente acreditou. O fato é que Mourinho já foi personagem de outros momentos inusitados em sua carreira. Listamos alguns, confira:

1) Em 2006, na sua primeira temporada pelo Chelsea, o time perdia do Newcastle pela Copa da Inglaterra, com um a menos em campo. Bem antes do fim do jogo, Mourinho insistiu com Kevin Keegan, técnico dos Toons na época, para dar um aperto de mão e sair de campo. O comandante do Newcastle resistiu brincando, mas o português ficou resoluto. Apertou a mão do adversário e foi embora para o vestiário antes do fim do jogo.

2) Pelo Real Madrid, Mourinho chegou a ficar no estacionamento do Camp Nou esperando o árbitro Teixeira Vitienes após um empate em 2 a 2 com o Barcelona, pela Copa do Rei.

3) Num encontro entre Manchester City e Real Madrid, em novembro de 2012, Mourinho encontrou o lateral-direito Maicon e os dois tiraram sarro de Rafa Benítez, então recém-contratado pelo Chelsea, chamando-o de "O Gordo".

4) Em novembro de 2011, Durante a comemoração do gol da vitória do Real Madrid sobre o Valencia por 3 a 2, Mourinho pulou nas costas de Callejón.

5) No quesito "pulo", em outubro do ano passado Mourinho repetiu a dose. Mas dessa vez o português pulou no meio da torcida durante a vitória por 2 a 1 do Chelsea sobre o Manchester City. O treinador falou que tinha ido atrás de seu filho, José Mário, de 14 anos.

6) A famosa dedada no olho de Tito Vilanova, quando este era auxiliar de Pep Guardiola no Barcelona. O fato ocorreu em agosto de 2011, durante a final da Supercopa da Espanha.

7) A corridinha original. Em 2004, o Porto marcou o gol da classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões no fim do jogo em cima do Manchester United, fora de casa, e Mourinho fez a mesma corrida. Isso criou uma rivalidade saudável quando o português foi para o Chelsea. Ele sempre é recebido em Old Traffford ao som de "Sit down, Mourinho".

Bookmark and Share