Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 11/04/2014
  • 19:17
  • Atualização: 19:31

Deretti revela “insônia” com gol perdido e espera oportunidade no Gre-Nal

Meia pode ser novidade de Enderson para tornar Grêmio mais ofensivo no clássico

Jean Deretti espera oportunidade no Gre-Nal de domingo | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

Jean Deretti espera oportunidade no Gre-Nal de domingo | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O meia gremista Jean Deretti teve dificuldade para dormir após a vitória sobre o Nacional nessa quinta-feira na Arena. O motivo foi um gol perdido por ele nos minutos finais da partida quando não conseguiu aproveitar um bom cruzamento de Pará. Após o treino desta sexta, ele revelou que teve dificuldade para pegar no sono nessa noite por conta do lance, mas espera por uma oportunidade no Gre-Nal deste domingo para se redimir com a torcida.

“Quando o Pará cruzou, eu dei um passo para trás e isso acabou me atrapalhando. Fica um sentimento de que eu poderia ter feito o gol. Fiquei até um pouco triste, fiquei pensando nisso, demorei para dormir com isso na cabeça, mas sei que não vai ser a minha última chance. Tenho certeza de que na próxima conseguirei fazer o gol”, revelou Deretti em coletiva após o treino desta sexta.

O Grêmio entra no Gre-Nal deste domingo precisando fazer pelo menos dois gols para conquistar o título gaúcho, o que pode motivar o técnico Enderson Moreira a abrir mão do esquema com três volantes. Se isso ocorrer, Jean Deretti é cotado para começar a partida. O meia se mostra esperançoso com a oportunidade de iniciar o clássico no Centenário.

“Nunca é bom perder gol, mas foi num jogo onde a gente não precisava tanto. Espero que agora no Gre-Nal tanto eu quanto o Barcos ou o Alan possa entrar e aproveitar para marcar os gols. O Enderson usou dois esquemas no treino antes do jogo com o Nacional. Primeiro com o Edinho e depois comigo. Acho que independente de jogar com dois ou três volantes, temos que buscar o resultado e vamos fazer isso independente do esquema”, completou.

Outra opção para tornar o time mais ofensivo seria a entrada de Zé Roberto, que treinou normalmente nesta sexta. No entanto, a presença do camisa 10 na delegação ainda não está confirmada. Se viajar a Caxias, a tendência é de que o experiente meia fique apenas no banco de reservas.

Bookmark and Share