Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 13/04/2014
  • 08:59
  • Atualização: 09:18

Abel busca primeiro título sobre o Grêmio

Treinador do Inter encarou Gre-Nal em três finais de Gauchão e foi derrotado em todas

Abel Braga busca primeiro título em Gre-Nal | Foto: Alexandre Lops / Divulgação / CP

Abel Braga busca primeiro título em Gre-Nal | Foto: Alexandre Lops / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Treinador colorado nas maiores conquistas do clube, o Mundial de Clubes e a primeira Libertadores, ambas em 2006, Abel Braga ainda tem uma dívida com a torcida do Inter em se tratando de decisões contra o Grêmio que tentará pagar neste domingo. Nas cinco passagens anteriores pelo Beira-Rio, o técnico enfrentou o rival três vezes em finais de Campeonato Gaúcho e não conquistou o título em nenhuma delas.

Um alento para a torcida do Inter é que Abel já quebrou uma marca na decisão deste ano. A virada de 2 a 1 na Arena há duas semanas foi a primeira vitória do treinador em uma final em Gre-Nal. Antes do triunfo conquistado com dois gols de Rafael Moura após Barcos abrir o placar, o treinador acumulou quatro empates e uma derrota nas finais contra o Grêmio. Confira abaixo as finais de Abel contra o Tricolor.

1989 - Derrota nos pênaltis e fim da primeira passagem pelo Inter

A primeira decisão de Abel Braga contra o Grêmio ocorreu no Gauchão de 1989, meses depois do famoso Gre-Nal do século. No clássico de número 300 da história, no dia 18 de junho daquele ano no estádio Olímpico, os dois clubes ficaram no empate em 0 a 0 nos 90 minutos. Nos pênaltis, o Tricolor levou a melhor por 4 a 3 e conquistou o título estadual.

O herói do Grêmio naquela noite no Olímpico foi o goleiro Mazaropi, que defendeu duas cobranças de pênalti – o ex-goleiro gremista relembrou em entrevista ao Correio do Povo daquela partida. A perda do título naquele Gre-Nal decretou o fim da primeira passagem de Abel Braga pelo Inter.

1995 - Empate no Beira-Rio e vitória do “banguzinho” no Olímpico
Em 1995, Abel estava em sua terceira passagem pelo Beira-Rio quando enfrentou novamente o Grêmio em um decisão de Gauchão. Naquele ano, o Tricolor disputou a Libertadores da América (conquistou o bicampeonato) e utilizou o time reserva no estadual, que ficou conhecido como banguzinho.

No primeiro jogo da final, empate em 1 a 1 no Beira-Rio. Para a partida decisiva, o técnico gremista Luiz Felipe Scolari reforçou o banguzinho com alguns titulares - Rivarola, Roger, Dinho, Paulo Nunes e Carlos Miguel iniciaram o clássico. O título tricolor foi conquistado com uma vitória de 2 a 1 no Olímpico. Nildo e Carlos Miguel marcaram para o Grêmio enquanto Zé Alcino descontou para o Inter.

2006 - Dois empates e título gremista com gol de Pedro Júnior

O ano das grandes conquistas de Abel pelo Inter iniciou com derrota no Campeonato Gaúcho. Em 2006, o Colorado, que já fazia boa campanha na Libertadores, chegou como grande favorito à decisão diante de um Grêmio que acabara de retornar da Série B do Brasileirão.

No primeiro confronto, empate em 0 a 0 no Olímpico em um jogo de poucas oportunidades para as duas equipes. Na volta no Beira-Rio, o Inter saiu na frente com o gol de Fernandão no começo do segundo tempo, mas o Grêmio chegou ao empate com o tento de Pedro Júnior aos 34 minutos. O 1 a 1 deu o título ao Tricolor pelo gol marcado fora de casa.

Bookmark and Share