Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Outubro de 2014


Porto Alegre
Agora
19ºC
Amanhã
14º 21º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

15/04/2014 08:14 - Atualizado em 15/04/2014 08:20

Direção do Grêmio deve ter reunião com comissão técnica

Encontro irá avaliar os motivos para fracasso na final do Gauchão

Direção do Grêmio deve ter reunião com comissão técnica no Olímpico<br /><b>Crédito: </b> Fabiano do Amaral
Direção do Grêmio deve ter reunião com comissão técnica no Olímpico
Crédito: Fabiano do Amaral
Direção do Grêmio deve ter reunião com comissão técnica no Olímpico
Crédito: Fabiano do Amaral

O Grêmio tenta dar a volta por cima e encontrar as respostas para o fracasso na final do Gauchão. A falta de atitude no início do segundo tempo e um esquema pouco habitual aos jogadores até agora são os dois primeiros fatores apontados internamente. Por telefone, o departamento de futebol conversou com Enderson Moreira. Hoje, antes da reapresentação do elenco marcada para as 16h, a reunião semanal terá um caráter muito mais importante. Nela serão debatidos os pontos da goleada no Gre-Nal.

Por enquanto, o esquema com apenas dois volantes deve ser posto de lado. A equipe demorou a adaptar-se ao novo sistema em campo. Quando viu, já estava perdendo por 4 a 0. O treinador trabalhou o sistema ao longo da semana, porém, em jogos, ele foi pouco utilizado até o momento na temporada. Rhodolfo chegou a sinalizar com isto na semana passada, antecedendo a decisão, ao ser questionado sobre as duas opções treinadas.

Nessa segunda-feira, no estádio Olímpico, o diretor-executivo Rui Costa afastou qualquer hipótese da demissão de Enderson ter sido analisada. "Sequer cogitamos isso. O torcedor está abatido, assim como nós também visivelmente estamos", ressaltou o executivo de futebol. A viagem de volta a Porto Alegre foi feita quase em silêncio absoluto. "A derrota é normal. Pouco usual é a forma como perdemos. Os atletas pouco falaram, estavam todos cabisbaixos", acrescentou.

Serão cinco dias de intenso trabalho até o confronto com o Atlético-PR, mas principalmente de muita conversa entre a direção, a comissão técnica e o grupo gremista. "É a hora de o jogador mais experiente encostar no mais jovem, do dirigente conversar", finalizou Rui Costa. O Grêmio tem até domingo para se recuperar e chegar com outro astral para a estreia no Brasileirão.

Bookmark and Share


Fonte: William Lampert / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.