Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 16/04/2014
  • 08:48

Inter entrega laudos e estreia no Beira-Rio é confirmada

Clube ainda deverá elaborar Plano de Prevenção Contra Incêndios

Inter entrega laudos e estreia no Beira-Rio é confirmada | Foto: Ricardo Giusti

Inter entrega laudos e estreia no Beira-Rio é confirmada | Foto: Ricardo Giusti

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski / Correio do Povo

Publicamente, o Inter confirmou na segunda-feira que o jogo contra o Vitória, na estreia no Campeonato Brasileiro, será no Beira-Rio. Internamente, porém, até o presidente Giovanni Luigi tinha dúvidas quanto ao cumprimento da promessa. A indefinição, na realidade, durou até o final da tarde dessa terça-feira, quando o vice-presidente de administração do clube, José Alfredo Amarante, entregou os quatro laudos que faltavam no Ministério Público e na Federação Gaúcha de Futebol - que os repassará para a CBF. Com a partida confirmada para o Beira-Rio, os dirigentes sonham com a presença de cerca de 40 mil colorados no jogo, no mínimo. Todos os 50.158 lugares do estádio estarão à disposição.

As informações sobre a venda de ingressos serão reveladas durante a manhã de hoje. O "check in" - sistema informatizado pelo qual os associados reservam lugar no estádio - deve começar às 12h. Pelo menos, era a previsão de Amarante. "Não devemos nada para ninguém. Conseguimos todos os documentos que eram precisos para confirmar a partida de sábado. Entregamos tudo à tarde", confirmou o dirigente, que completa: "Até no site da CBF, o jogo está confirmado para o Beira-Rio. Estamos tranquilos".

Habite-se deve demorar

O "habite-se", porém, ainda deve demorar um pouco mais para o Inter obter. O Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI) também não existe ainda. Ou seja, tanto contra o Vitória quanto nas próximas rodadas do Campeonato Brasileiro, o Inter usará o estádio com uma licença provisória. Mas há pressa. Até o dia 21 de maio, quando o estádio será repassado para a administração da Fifa, os documentos definitivos devem ser obtidos pelo clube.

"Ainda há um caminho a ser percorrido, mas não creio que tenhamos problemas. Está tudo no caminho correto", informa Amarante. Para o "habite-se", além de novos documentos, o Beira-Rio precisará ser submetido a uma nova vistoria do Corpo de Bombeiros.

O entorno também preocupa. Restos da obra e entulhos devem ser retirados pelo Inter e pela Andrade Gutierrez até a próxima sexta-feira. A medida, além de aumentar a segurança dos torcedores, cumpre uma determinação da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, que está impedida de acelerar as obras do entorno.

Bookmark and Share