Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
15º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

18/04/2014 09:15 - Atualizado em 18/04/2014 10:17

Enderson Moreira estuda relatório do San Lorenzo

Cerca de 30 páginas detalham o adversário nas oitavas de final da Libertadores

Enderson Moreira estuda relatório do San Lorenzo<br /><b>Crédito: </b> Lucas Uebel / Grêmio / CP
Enderson Moreira estuda relatório do San Lorenzo
Crédito: Lucas Uebel / Grêmio / CP
Enderson Moreira estuda relatório do San Lorenzo
Crédito: Lucas Uebel / Grêmio / CP

O técnico Enderson Moreira tem em mãos um minucioso relatório sobre o San Lorenzo. Em cerca de 30 páginas, além de uma série de vídeos, constam todas as informações do adversário nas oitavas de final da Libertadores. Os últimos dados serão colhidos neste sábado diretamente do estádio Nuevo Gasometro. O Grêmio terá um espião presente no estádio na última apresentação do seu oponente.

Em um canto do mesmo palco do desafio gremista em Buenos Aires, um integrante da comissão técnica fará as últimas observações. O San Lorenzo recebe o Newell's Old Boys precisando vencer para se manter na briga pelo título argentino. O técnico Edgardo Bauza, no entanto, pode preservar alguns dos seus principais titulares.

As principais informações já estão colhidas pelo Tricolor. Foram analisados detalhadamente os seis confrontos da equipe na primeira fase da Libertadores. Detalhes técnicos, táticos, individuais, coletivos, tudo para Enderson estudar bem o adversário.

O time terá cuidado, por exemplo, com Ángel Correa, jovem revelação das categorias de base do clube argentino. Angelito, como é chamado pelo amigo Alan Ruiz, é a arma mais letal deste San Lorenzo. Aos 19 anos, o atacante conquistou um papel de protagonista e é uma das grandes preocupações gremista. Revelação que deve em breve estar na Europa. Já foi observado por Atlético de Madrid, Real Madrid, Valencia, Juventus e Benfica.

Ignacio Piatti é outra peça importante. Foi autor de dois gols na goleada por 3 a 0 diante do Botafogo, inclusive o último que valeu a classificação às oitavas de final. Mesmo atuando na ponta esquerda, costuma flutuar pelo meio armando as jogadas. A mecânica de jogo costuma ser inalterada. Independentemente da escolha das peças, a forma de atuar é quase sempre idêntica. Do outro lado, Edgardo Bauza também analisa o Grêmio. E rasga elogios ao adversário. "Estamos preocupados porque jogamos contra um dos cinco melhores times da Libertadores", destacou o treinador. No entanto, realça também o seu time. "Eles não queriam nos enfrentar. Somos um rival muito complicado. Não existe uma equipe muito superior no torneio", completou.

O empate em 0 a 0 contra o Boca Juniors, na Bombonera, na quarta-feira, manteve o San Lorenzo três pontos atrás do líder Estudiantes, faltando cinco rodadas para o fim da competição. O time briga ainda pelo título local, mas a Libertadores é um sonho antigo. Por isso alguns titulares podem ser preservados no sábado. Ser o único grande da Argentina sem o principal título sul-americano é motivo de chacota dos rivais.



Bookmark and Share

Fonte: William Lampert / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.