Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 18/04/2014
  • 09:25
  • Atualização: 09:26

Lugares do Beira-Rio serão contados um por um

Grupo de sócios e conselheiros vai ao estádio para descobrir a real capacidade após a reforma

Lugares do Beira-Rio serão contados um por um | Foto: André Ávila / CPMemória

Lugares do Beira-Rio serão contados um por um | Foto: André Ávila / CPMemória

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski / Correio do Povo

 O mistério sobre a quantidade de cadeiras instaladas no novo Beira-Rio está prestes a ser desvendado. Um grupo de conselheiros e dirigentes do clube, munidos de tabelas e marcadores, irá ao estádio e contará um por um os assentos. Eles passarão em cada camarote, em cada degrau de arquibancada e escrutinarão os lugares disponíveis. Então, não somente o clube, mas também os associados e a Fifa – que já vendeu ingressos para os jogos da Copa do Mundo – saberão a real capacidade do novo Beira-Rio.

O número é alvo de debate. Na reunião do Conselho Deliberativo que aprovou a parceria com a Andrade Gutierrez, realizada em 2011, os dirigentes colorados afirmaram que o estádio teria 51,4 mil lugares. Antes e depois desta data, porém, a quantidade variou para cima e para baixo. O que causa certa estranheza é que as cadeiras estão instaladas no estádio há pelo menos quatro meses e já poderiam ter sido contadas.

A empreitada, que duraria poucas horas, evitaria uma série de problemas que agora vêm à tona, como os casos de sócios que adquiriram cadeiras numeradas que inexistem. "É inacreditável que até hoje não tenham contado quantas cadeiras há no Beira-Rio. Agora, que estourou o problema e está evidente que ninguém sabe quantas estão instaladas, vamos lá e vamos contar", afirma o presidente da comissão de sócios e também conselheiro, Alexandre Limeira. Ele será um dos responsáveis pelo trabalho.

É certo que não há 51,4 mil cadeiras no Beira-Rio. Há menos. Contagens preliminares feitas pela direção apontam para a falta de cerca de 500 lugares. O número foi confirmado, com alguma variação, por dirigentes contatados pelo CP durante o dia de ontem. Porém, um outro grupo de conselheiros, já ciente do problema, fez uma contagem extraoficial no início da semana e chegou a um déficit de 1,4 mil. No próprio Beira-Rio, há uma placa com a sua capacidade. E lá se lê "Capacidade: 50.428".

O problema afeta a Fifa, que comercializou todos os ingressos para as cinco partidas do Mundial. Ela já foi consultada e respondeu que não vende 100% dos bilhetes de cada setor do estádio. Ou seja, em tese, poderá acomodar todos os torcedores que compraram ingressos. A certeza, porém, só virá amanhã. Para o sim ou para o não.


Bookmark and Share