Correio do Povo

Porto Alegre, 31 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
20ºC
Amanhã
16º 26º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

20/04/2014 17:25 - Atualizado em 20/04/2014 17:31

D’Ale aceita "vaquinha" por Aránguiz e coloca chileno como sucessor no Inter

Dupla de gringos garantiu vitória colorada na estreia no Brasileirão

D’Alessandro concordou com o comandante e afirma que chileno pode ser seu sucessor no clube<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Inter / CP
D’Alessandro concordou com o comandante e afirma que chileno pode ser seu sucessor no clube
Crédito: Alexandre Lops / Inter / CP
D’Alessandro concordou com o comandante e afirma que chileno pode ser seu sucessor no clube
Crédito: Alexandre Lops / Inter / CP

Após o triunfo de 1 a 0 sobre o Vitória na estreia no Campeonato Brasileiro nesse sábado, o técnico Abel Braga ressaltou a importância de o Inter conseguir manter Aránguiz no Beira-Rio. O treinador chegou a brincar dizendo que organizaria uma "vaquinha" com os torcedores para ajudar a comprar o volante. Capitão e principal jogador colorado, D’Alessandro concordou com o comandante e foi além: para o camisa 10, o chileno pode ser seu sucessor no clube.

“Entraria, claro que sim (na vaquinha). É um cara que já demonstrou seu futebol e pode demonstrar ainda mais. Ele vai jogar a Copa do Mundo, é novo e pode ser muito importante para o futuro do clube. Tem 25 anos, daqui a pouco a gente vai embora e o clube tem que ter caras assim que puxam, experientes e de seleção. O Aránguiz é um deles”, declarou D’Alessandro.

A vitória colorada na estreia foi construída em jogada da dupla de gringos. Logos aos 5 minutos, D’Alessandro deu um belo passe e encontrou Aránguiz que tocou por cima do goleiro para marcar o único gol da partida. Apesar de começar conquistando os três pontos, a atuação deixou a desejar, admitiu D’Ale. O argentino, no entanto, ressaltou a importância da do resultado para a arrancada vermelha no Brasileirão.

“Tem que ganhar. Vai ter partida que vamos jogar bem e não vamos vencer. No ano passado, aconteceu isso muitas vezes. Não foi o nosso melhor jogo, a gente sabe, mas tem que ganhar em casa. O nosso planejamento é vencer em casa porque fora é sempre muito difícil. Temos que começar a partir dessa vitória em casa somar o maior número de pontos possível na competição antes da parada para a Copa”, analisou.

Após bater o Vitória nesse sábado, o elenco colorado ganhou folga neste domingo e na segunda-feira. O grupo se reapresenta no CT Parque Gigante apenas na terça, quando treinará em dois turnos. O Inter volta a campo pelo Brasileirão no próximo domingo, às 16h, contra o Botafogo no Rio de Janeiro.

Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.