Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
10ºC
Amanhã
14º 26º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

26/04/2014 08:40 - Atualizado em 26/04/2014 08:45

Chileno Aránguiz é o maior objetivo do Inter

Clube deve comprar na semana que vem direitos federativos por 5 milhões de dólares

Inter quer contratar Aránguiz (de camisa branca) na semana que vem<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP
Inter quer contratar Aránguiz (de camisa branca) na semana que vem
Crédito: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP
Inter quer contratar Aránguiz (de camisa branca) na semana que vem
Crédito: Alexandre Lops / Inter / Divulgação / CP

Charles Aránguiz deve jogar a Copa do Mundo com a camisa do Inter sob a chilena. Pelo menos, esta é a pretensão dos dirigentes colorados, que já têm negociações adiantadas visando a compra dos direitos federativos do jogador. De acordo como o vice-presidente de futebol, Marcelo Medeiros, o negócio pode ser selado até o final da próxima semana. "Neste momento, a prioridade do departamento de futebol do Inter é garantir a permanência do Aránguiz. Depois de alcançarmos este objetivo, todo o contexto ganhará outra dimensão'" afirma o dirigente.

Nos últimos dias, Medeiros e seus colegas da direção colorada adiantaram as negociações com representantes do milionário italiano Giampaolo Pozzo, que é dono da Udinese (Itália) e do Granada (Espanha). Pertencem a ele os direitos econômicos do chileno. "Há alguns assuntos que precisam ser superados ainda, como a forma de pagamento. Pode ser à vista ou a prazo. Mas acredito que até o final da próxima semana, haverá um final feliz para esta história", continua Medeiros.

Aránguiz, quando veio para o Inter, em janeiro passado, teve o valor dos direitos federativos fixado em 5 milhões de dólares. O valor, em tese, deve ser pago até julho. A ideia de antecipar a negociação visa dar tranquilidade ao jogador, que deve ser titular do Chile na Copa, e a Abel Braga, que anseia pela permanência do volante, para o qual não há suplente no grupo colorado.

As outras negociações entrarem em compasso de espera. A contratação de Richely, antes tida como certa, retrocedeu. Segundo os dirigentes do Inter, seus colegas do Sport não cumpriram a palavra dada. Abel, inclusive, chegou a dizer que a ida do atacante Mike ao Sport, que também era dada como certa, já corre risco. "Vamos complicar", ameaçou.

Segundo ele, o clube ainda busca três contratações pontuais e praticamente descartou a vinda de Carlos Luque, do Colón. "Os caras querem os olhos da cara. Assim, é complicado", finaliza o treinador.

Bookmark and Share


Fonte: Fabrício Falkowski / Correio do Povo






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.