Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 26/04/2014
  • 20:52

Jogando em casa, Coritiba não sai do 0 a 0 com o Santos

Time de Celso Roth ainda não venceu no Brasileirão

  • Comentários
  • Lancepress

Coritiba e Santos empataram em 0 a 0 na noite deste sábado, em Curitiba, na partida que abriu a segunda rodada do Brasileirão. Com o desfalque de Júlio Cesar, que se lesionou logo no começo da partida, a torcida do Coritiba ficou apreensiva. Bastaram alguns lances para que o medo se transformasse em entusiasmo. Logo aos 5 minutos de jogo, Zé Love tabelou com seus companheiros, saindo cara-a-cara com Aranha. Teve a chance de abrir o placar, porém, se atrapalhou e mandou para fora.

Como resposta, Gabriel recebeu lançamento em profundidade e tentou marcar o gol por cobertura, após ver o goleiro Vanderlei sair mal do gol. Para azar do Santos e sorte do Coritiba, a bola passou ao lado da trave e foi para fora. O Santos dava a sensação de que recuperaria o bom futebol visto no Campeonato Paulista. Mas não o fez e o Coritiba foi para cima.

Chico, Zé Love, Robinho. Todos tentaram e por pouco não conseguiram balançar as redes de Aranha que, mesmo atrapalhado, conseguiu aguentar a pressão. A bola na trave de Leandro Almeida, depois de cobrança de falta, mostrava a apatia da equipe santista. O goleiro santista teve ainda que fazer bela defesa, após Jajá, que entrou no lugar de Júlio Cesar, mandar uma bomba de fora da área.

A chance de Jajá, entretanto, foi a última clara para o Coritiba na primeira etapa do jogo. Sem tirar o pé, o Alviverde chegava constantemente ao gol do Santos, mas não era feliz em suas conclusões e perdeu muitas oportunidades de gol. As chances do adversário irritavam o time do Santos, que chegou a ver David Braz e Leandro Damião discutirem asperamente.

Com Geuvânio em campo, o Santos conseguiu equilibrar o jogo, mas ficou longe de oferecer riscos a Vanderlei, goleiro do Coxa. Apenas deixou de ser ameaçado constantemente, como foi na primeira etapa.

Na próxima rodada, o Coritiba, que ainda não venceu, encara o São Paulo, no dia 3 de maio. Já o Santos tem o Grêmio como próximo adversário. A partida será na Vila Belmiro também no dia 3.

Bookmark and Share