Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 27/04/2014
  • 09:47
  • Atualização: 11:21

Inter vai para cima do Botafogo no RJ

Dúvida da equipe está na lateral-direita, Abel Braga não pode contar com o Gilberto, que pertence ao clube carioca, e ainda perdeu Cláudio Winck lesionado

Abel Braga não pode contar com o Gilberto, que pertence ao clube carioca | Foto: Alexandre Lops / Inter/ Divulgação / CP

Abel Braga não pode contar com o Gilberto, que pertence ao clube carioca | Foto: Alexandre Lops / Inter/ Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Em busca da segunda vitória no Campeonato Brasileiro, o Inter enfrenta o Botafogo, neste domingo, no Rio de Janeiro, pela segunda rodada; Abel Braga, fiel a sua estratégia para a competição, diz que montará uma equipe ofensiva para jogar no Maracanã.

O CORREIO DO POVO ACOMPANHA O JOGO EM TEMPO REAL A PARTIR DAS 16H

“Não vamos mudar nada. Vamos jogar fora de casa da mesma forma que ganhamos do Vitória (semana passada) ou contra o Grêmio. Vamos marcar forte, manter a bola e atacar”, ensina o técnico, que completa: “Eu jogo para ser campeão. Se jogo para ser campeão, tenho de jogar para ganhar. Não vou jogar para buscar um pontinho aqui, outro ali. É melhor ter uma vitória em três jogos do que três empates”.

A dúvida da equipe está na lateral-direita. Abel Braga não pode contar com o Gilberto, que pertence ao clube carioca, e ainda perdeu Cláudio Winck lesionado. Com isso, ele ficou com Diogo e Vilela, ambos sem experiência, e o meia-atacante Jorge Henrique, que atuaria improvisado, de opções.

Além de Winck, Abel não conta com Alex, que também foi vetado pelo departamento médico colorado. O seu substituto, no entanto, está praticamente definido: o jovem Valdívia, de 19 anos e constantemente elogiado pelo treinador.

Abel não espera facilidades no Maracanã. “O que eles mais querem no jogo é fazer um gol no início. Isso, nós vamos cuidar. Eles (jogadores do Inter) serão avisados”, afirma Abel. O Botafogo foi goleado por 3 a 0 pelo São Paulo na estreia. O Inter bateu o Vitória por 1 a 0.

O Botafogo entra em campo com algumas mudanças, buscando uma boa atuação e a vitória dentro de casa, no Maracanã.

A principal delas é a entrada de Emerson Sheik no time. Principal contratação do Alvinegro em 2014, o jogador foi regularizado na noite de sexta-feira e está pronto para jogar. Porém, não deve atuar os 90 minutos. Ao lado dele estará o paraguaio Pablo Zeballos. Os dois entraram nos lugares de Wallyson e Ferreyra, dupla de ataque do Botafogo na Copa Libertadores.

Outra mudança é o retorno de Lucas aos titulares, com Edilson sentando no banco de reservas. O lateral-direito perdeu a posição com a grave lesão que sofreu no tornozelo esquerdo, no Brasileiro do ano passado, e Edilson aproveitou a chance, com boas atuações.

Além das três alterações por ordem técnica, o técnico Vagner Mancini não poderá contar com o volante Marcelo Mattos, com dores musculares. O ex-colorado Airton entrará em seu lugar.

“Espero que o Botafogo seja agressivo, seja na hora de marcar ou na hora de atacar. Após a derrota para o São Paulo, falei que faltou alma. O time tem que ter essa alma. O Botafogo tem muita camisa, tradição e o torcedor espera sempre muito da equipe. Talvez não vejam isso por 90 minutos, já que o time está sendo modificado e algumas oscilações podem acontecer”, disse o técnico Vagner Mancini.

BOTAFOGO
Jefferson; Lucas, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Airton, Gabriel, Jorge Wagner e Lodeiro; Zeballos e Emerson Sheik
Técnico: Vagner Mancini.

INTER
Dida, Diogo (Vilela ou Jorge Henrique), Paulão, Juan e Fabrício; Willians, Aránguiz, Alan Patrick, D'Alessandro e Valdívia; Rafael Moura
Técnico: Abel Braga.

Bookmark and Share