Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 27/04/2014
  • 21:18
  • Atualização: 21:59

Enderson elogia personalidade do Grêmio e indica time ofensivo para quarta

Treinador disse que tendência é de Dudu, Luan e Zé Roberto juntos contra San Lorenzo

Enderson elogiou personalidade do time | Foto: Ricardo Giusti

Enderson elogiou personalidade do time | Foto: Ricardo Giusti

  • Comentários
  • Correio do Povo

A vitória de 2 a 1 com time reserva sobre o Atlético-MG neste domingo na Arena foi encarada como uma prova de personalidade do grupo do Grêmio pelo técnico Enderson Moreira. Satisfeito com o desempenho diante do atual campeão da América, o treinador ressaltou a atuação dos jovens e projetou a equipe sem o trio de volantes para o confronto com o San Lorenzo nesta quinta-feira, às 22h, pela Libertadores.

“Acima de tudo, hoje foi uma demonstração de que o grupo está focado no trabalho. Passei para eles que era muito importante manter a motivação. Estamos montando uma equipe e sabíamos que hoje seria fundamental a participação desses atletas. Eu confiava muito na equipe, com jogadores de qualidade técnica. Falei para os atletas que o fundamental era ter personalidade. Não se curvar diante da grandiosidade de alguns atletas do adversário, que têm currículos maravilhosos. Isso foi visto dentro de campo. O time foi competitivo, com qualidade e personalidade para conseguir o resultado”, avaliou o treinador gremista.

“Até pouco tempo, a gente era colocado por todos como uma equipe que jogava para cima, buscando resultados e com personalidade. Infelizmente, tivemos resultados ruins, sentimos na alma isso, mas estamos amadurecendo. Já tive uma resposta muito boa na quarta-feira. O time teve uma postura boa. Penso que temos que seguir com esse pensamento. Vamos buscar fazer um grande jogo nesta quarta, um grande resultado com a classificação”, seguiu Enderson.

Em relação ao time que vai enfrentar o San Lorenzo na próxima quarta-feira, Enderson Moreira evitou confirmar a escalação, mas indicou que irá abrir mão do esquema com três volantes para a partida que vale vaga nas quartas de final da Libertadores. Questionado se irá utilizar Luan, Zé Roberto e Dudu juntos, ele afirmou que está é sua ideia há algum tempo no comando do Grêmio

”Isso sempre foi a ideia (time com três meias). Sempre tivemos uma limitação. Em alguns momentos um dos meias esteve fora. O Dudu chegou depois buscando seu espaço, aí o Zé Roberto se lesionou, depois o Luan. Tivemos sempre algo que impediu. Em outros momentos tivemos que usar o time com três volantes. Sabemos o que é o time ideal para nós, mas para chegar nessa equipe tem que passar por uma fase. Essa é uma tendência natural e, de repente, para quarta. Ainda vou analisar”, concluiu o treinador gremista.

Bookmark and Share


TAGS » Grêmio, Futebol, Esporte