Porto Alegre, sábado, 29 de Novembro de 2014

  • 28/04/2014
  • 16:13
  • Atualização: 16:15

Atacante do San Lorenzo fala em “dar a vida” por Libertadores

Jogadores do clube argentino tratam jogo contra o Grêmio como final

San Lorenzo encara jogo contra o Grêmio como final | Foto: Juan Mabromata / AFP / CP

San Lorenzo encara jogo contra o Grêmio como final | Foto: Juan Mabromata / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

O clima no San Lorenzo é de decisão para o jogo desta quarta-feira, às 22h, contra o Grêmio na Arena pelas oitavas de final da Libertadores. A classificação vale para o clube argentino a manutenção do sonho do inédito título da América. O tamanho da importância da partida ficou claro nas declarações dos jogadores após o último treino em território argentino antes da viagem para Porto Alegre. “Darei a vida para ser campeão. É um sonho”, disse o atacante Héctor Villalba.

Autor do gol que deu a vitória ao San Lorenzo no primeiro jogo, Angel Correa usou o termo final para definir o confronto com o Tricolor. “Vai ser difícil, mas o importante que é que possamos ganhar no Brasil. Penso na final de quarta-feira e nada mais. Meu sonho agora é ganhar e passar de fase”, afirmou o camisa 11 argentino.

No treino desta segunda-feira, o técnico Edegardo Bauza encaminhou a repetição da escalação utilizada no primeiro jogo com Torrico; Buffarini, Valdés, Gentiletti e Mas; Villalba, Mercier, Ortigoza e Piatti; Correa e Mauro Matos. Na parte final do treinamento, o goleiro Torrico trabalhou cobranças de pênaltis.

Desfalque na partida da Argentina, o centroavante Nicolás Blandi treinou nesta segunda-feira e pode ser novidade na delegação. O San Lorenzo viaja para Porto Alegre na manhã desta terça. À tarde realiza um treino na Arena.

Bookmark and Share