Porto Alegre, quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014

  • 29/04/2014
  • 00:39
  • Atualização: 00:45

Índio e Juan devem continuar no Inter após pedido de Abel

Direção diz estar próxima de acertos para renovar com zagueiros veteranos

Direção diz estar próxima de acertos para renovar com zagueiros veteranos | Foto: Alexandre Lops/Inter/Divulgação CP

Direção diz estar próxima de acertos para renovar com zagueiros veteranos | Foto: Alexandre Lops/Inter/Divulgação CP

  • Comentários
  • Fabrício Falkowski/Correio do Povo

Além de pedir duas ou três contratações pontuais, Abel Braga, publicamente e na intimidade do vestiário, solicitou a permanência de dois jogadores que, apesar de veteranos, são considerados fundamentais para o grupo: os zagueiros Juan e Índio. Depois de algumas reuniões com os representantes dos doisjogadores, a direção colorada está próxima de concluir um acordo.

A renovação de Juan parecia mais complicada. Apesar de ter um pré-contrato assinado que garantiria a sua permanência no clube até julho de 2015, o Inter bateu pé e exigiu que o zagueiro aceitasse uma redução salarial. A princípio, Juan relutou. Nas primeiras reuniões, no início da temporada, o zagueiro de 35 anos não foi convencido. Só agora ele concordou. “As coisas estão caminhando bem, pois há o interesse das duas partes. Estamos próximos do acerto”, confirma o empresário Tadeu Oliveira, que representa o zagueiro nas tratativas. “O Juan está adaptado e gostando muito de trabalhar com o Abel”, acrescentou.

Oliveira lembrou também que no Inter os salários são pagos em dia. “Ele já jogou na Europa. Por isso, valoriza um clube organizado”, salientou o agente. Não está definido ainda o tempo de contrato, mas é provável que, após as tratativas, Juan fique no Inter até dezembro de 2015. Índio, por sua vez, tem contrato até julho. Há cerca de dez dias, seu nome foi incluído em uma lista de reforços pedidos por Celso Roth à direção do Coritiba. Abel Braga correu e foi conversar com o jogador, que completou 39 anos e vem sendo pouco aproveitado no Inter. “Ele já sabe que eu gostaria que ele ficasse conosco. Teve proposta de outro clube, mas o Índio tem que encerrar a carreira no Inter.”

O novo vínculo do zagueiro, que chegou ao Inter em 2005, será até final do ano. Então, ganhará um jogo de despedida e possivelmente um “emprego” como uma espécie de relações públicas do clube. Pelo menos este é o plano, com o qual o próprio Índio ainda tem de concordar. Em suas últimas entrevistas, ele não fez previsões de encerramento de carreira.

Bookmark and Share