Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 29/04/2014
  • 10:24
  • Atualização: 10:42

Kaká quer ficar no Milan, mas questões familiares podem fazê-lo sair

Meia retornou à Itália em 2013 e não vive boa fase no clube

Questões familiares podem afastar Kaká do Milan | Foto: Giuseppe Cacace / AFP / CP

Questões familiares podem afastar Kaká do Milan | Foto: Giuseppe Cacace / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

O meia Kaká falou que gostaria de permanecer no Milan por mais tempo, no entanto o brasileiro deixou em dúvida esta possibilidade em entrevista à emissora de TV italiana Mediaset. "Quero ficar, mas há questões familiares que vão pesar na minha decisão. No entanto, os torcedores podem ficar tranquilos. Não vou brincar com os seus sentimentos", disse Kaká.

O brasileiro retornou ao clube italiano em setembro do ano passado. Seu desempenho, porém, não é o mesmo de sua primeira passagem. Em 34 jogos anotou nove gols e deu passes para outros oito.
 
O Milan faz uma campanha ruim nesta temporada. O clube está na 10ª colocação no Campeonato Italiano, fora de qualquer perspectiva de participar de competições continentais na próxima temporada. Voltar à Europa, inclusive, é algo colocado por Kaká como objetivo do Milan na próxima temporada. "O objetivo nosso para a próxima temporada é brigar pelo título nacional e assegurar o retorno à Liga dos Campeões em 2015/16", afirmou.

Na entrevista o brasileiro fez questão de elogiar o treinador Seedorf. De acordo com Kaká, trata-se de uma pessoa capaz de continuar à frente da equipe. "Seedorf precisa de um pouco mais de experiência. Ele é inteligente e aprende rápido. Estou feliz em trabalhar com ele e tenho certeza que, com o tempo, ele poderá se dar bem", concluiu o meia, que tem contrato com o Milan até junho de 2015.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Milan, Esporte