Porto Alegre, quarta-feira, 26 de Novembro de 2014

  • 30/04/2014
  • 11:12
  • Atualização: 11:20

Grêmio vai atacar “com inteligência” para seguir na Libertadores

Tricolor precisa vencer San Lorenzo por dois gols de diferença nesta quarta, na Arena

Barcos é a esperança de gols do Grêmio diante do San Lorenzo | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Barcos é a esperança de gols do Grêmio diante do San Lorenzo | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A tarefa do Grêmio na Libertadores é complicada e a receita do time para se classificar às quartas de final do torneio é o ataque constante, mas com cuidados defensivos. O Tricolor recebe o San Lorenzo às 22h desta quarta-feira, na Arena, e precisa vencer o jogo com pelo menos dois gols de diferença. Para isso, o grupo prega uma postura ofensiva e “com inteligência” para obter o resultado.

O volante Edinho quer o time atacando o tempo inteiro e ocupar todos os espaços. “Tem que entrar firme e o pessoal lá atrás não pode dar espaço. Precisamos atacar bastante, mas com inteligência. Principalmente cuidar para não sofrer contra-ataques”, comentou o jogador.

A opinião é compartilhada pelo atacante Barcos. O capitão acredita que o time argentino se fechará na Arena e jogará em cima dos contragolpes. “Quando atacar, precisaremos defender também para não levar gol no contra-ataque. Pensamos assim, porque um gol deles complica ainda mais apara a gente”, ressaltou.

Outra dificuldade para o Grêmio deverá ser o estilo de jogo argentino. Edinho já avisou os colegas que o San Lorenzo tentará parar a partida a todo momento e deixar o Tricolor nervoso. “Acho que não pode ter muita ansiedade. Eles vão fazer tudo para retardar o jogo, mas a gente tem que estar com a cabeça fria, ter paciência.”

Como perdeu a partida na Argentina por 1 a 0, o Grêmio precisa de um triunfo com dois gols de diferença em casa. Se o Tricolor vencer o jogo de volta também por 1 a 0, a vaga será decida nos pênaltis.

Bookmark and Share