Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
12º 28º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

01/05/2014 00:19 - Atualizado em 01/05/2014 00:26

"É muita raiva e impotência pois foi injusto", afirma Barcos

Centroavante garante que vaga do Grêmio nos 90 minutos seria merecida pelas chances criadas

Centroavante garante que vaga do Grêmio nos 90 minutos seria merecida pelas chances criadas<br /><b>Crédito: </b> Ricardo Giusti/PMPA/Divulgação CP
Centroavante garante que vaga do Grêmio nos 90 minutos seria merecida pelas chances criadas
Crédito: Ricardo Giusti/PMPA/Divulgação CP
Centroavante garante que vaga do Grêmio nos 90 minutos seria merecida pelas chances criadas
Crédito: Ricardo Giusti/PMPA/Divulgação CP

O centroavante Barcos não escondeu a frustração por uma péssima noite com a camisa do Grêmio. Depois de ter um gol anulado (corretamente), o argentino errou no momento decisivo da cobrança de penalidades que acabou eliminando o Tricolor da Libertadores. "É muita raiva, muita impotência, pois foi muito injusto", frisou.

Barcos reforçou que, pela produção ofensiva e futebol apresentado, a eliminação para o San Lorenzo deixou gosto amargo. "Justo era o Grêmio ganhar durante os 90 pelo em que criou e lutou", salientou o argentino. "Criamos muitas chances, conseguimos o gol que precisávamos, tentamos várias situações, mas necessitávamos de um a mais", analisou. "Pênaltis pode ganhar qualquer um", comentou.

O meia Zé Roberto, por sua vez, teve poucas palavras para descrever seu desapontamento. "Não tenho palavras para explicar a tristeza", resumiu. "Precisa pensar no que nos resta, o próximo jogo contra o Santos, o Campeonato Brasileiro..."


Bookmark and Share


Fonte: Correio do Povo e Rádio Guaíba






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.