Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 01/05/2014
  • 00:50
  • Atualização: 01:01

Enderson assume responsabilidade e destaca “entrega do grupo”

Técnico disse que Grêmio foi bem no segundo tempo e merecia a classificação na Libertadores

Enderson assumiu responsabilidade e destacou entrega do Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

Enderson assumiu responsabilidade e destacou entrega do Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Abatido, o técnico Enderson Moreira chamou para ele a culpa pela eliminação do Grêmio na Copa Libertadores na noite desta quarta-feira, na Arena. Após a vitória no tempo normal por 1 a 0 e derrota nos pênaltis por 4 a 2 para o San Lorenzo , o treinador destacou o empenho dos jogadores e disse que o clube mereceria mais sorte no torneio continental.

“Eu assumo a responsabilidade pela queda na Libertadores. Não gostei do primeiro tempo e achei que a equipe tecnicamente não foi bem. No segundo tempo, o time mudou, criou várias oportunidades. Mas futebol é assim”, comentou o comandante gremista. A gente sabe o quanto os torcedores estão chateados, como a gente também está. O time queria dar uma alegria para o torcedor”, acrescentou.

O treinador elogiou a dedicação de seus comandados e disse que o resultado no final foi injusto. “Fizemos no segundo tempo um jogo para classificar, mas infelizmente não ocorreu. Foi um resultado injusto. A gente deu demonstrações de superação, de muita entrega”, analisou Enderson.

Técnico diz que não pedirá demissão

Sobre a possibilidade de demissão do Tricolor, por causa do resultado ruim, o técnico disse que não pedirá para sair e vai esperar a definição da diretoria. “Vou fazer o meu trabalho e ficar até o dia que a direção achar que devo. Tivemos momentos muito bons, com futebol de bom nível e extremamente competitivo. A minha dedicação sempre foi plena”, destacou.

Ele também citou que o Grêmio sofre muito com a falta de títulos. “Sei que a torcida tem uma ansiedade. Tem carga grande que a gente carrega, mas que não é culpado. A gente sabe dessa ansiedade e gostaria de levantar títulos ainda neste primeiro semestre. Fizemos um período bom de classificação. No mata-mata isso acontece, porque é outra competição.”

Bookmark and Share