Porto Alegre, sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

  • 01/05/2014
  • 00:58
  • Atualização: 01:11

Koff não garante Enderson Moreira no Grêmio

Presidente defendeu trabalho do técnico, mas relatou que análise permanente é feita pela diretoria

Koff não garante Enderson Moreira no Grêmio | Foto: Ricardo Giusti

Koff não garante Enderson Moreira no Grêmio | Foto: Ricardo Giusti

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Abatido pela eliminação do Grêmio contra o San Lorenzo, nesta quarta-feira, o presidente Fábio Koff não garantiu a manutenção do técnico Enderson Moreira. Ao ser questionado diretamente sobre a questão, ele defendeu o comandante gremista, mas foi evasivo: "Amanhã é outro dia, vamos ver".

Para Koff, o trabalho até o momento foi bom, mas será reavaliado. "Fazemos uma permanente análise em reuniões com a comissão técnica e a diretoria. Ele não pode ser responsabilidade pelo ocorrido hoje e tem feito um bom trabalho", definiu o dirigente

O presidente rechaçou culpar algum ponto individual da administração ou da equipe pela eliminação da Libertadores. "Em princípio, defino que quem perdeu fomos todos nós", ponderou.

Koff ainda minimizou o fracasso no Gauchão, desvalorizando o título regional. "Acho que o saldo do ano não é tão negativo. O Gauchão para nós não tinha quase nenhuma importância", frisou. "Há muito tempo defini que o estadual é cafezinho. Me dói é perder numa competição como essa", acrescentou o dirigente.

Ele ainda entregou a "forças maiores" a decisão da partida desta quarta-feira. "Independentemente do que se pensa das penalidades, no pênalti existe sorte e o Papa tem muito mais força do que eu", ironizou.

Bookmark and Share