Correio do Povo

Porto Alegre, 21 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
14º 24º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

02/05/2014 15:59 - Atualizado em 02/05/2014 16:05

D'Ale cobra comunicação em campo para Inter se ajustar e atingir equilíbrio

Capitão colorado pede um novo comportamento para equipe evitar oscilações

D´Ale quer time conversando mais em campo<br /><b>Crédito: </b> Ricardo Giusti
D´Ale quer time conversando mais em campo
Crédito: Ricardo Giusti
D´Ale quer time conversando mais em campo
Crédito: Ricardo Giusti

Um sinal de alerta foi ligado após os empates com Botafogo e Cuiabá, nas últimas partidas do Inter na temporada, segundo o comando do futebol do clube. Uma das lideranças mais fortes do elenco, o meia D'Alessandro admite que o time ainda precisa de ajustes para encontrar o equilíbrio. E pede um novo comportamento para que isso chegue de vez.

O camisa 10 quer que os jogadores se comuniquem mais em campo. Principalmente para ajeitar o posicionamento defensivo e impedir os indesejados contra-ataques dos rivais, algo criticado por Abel após a vitória sobre o Vitória e o empate sobre o Cuiabá.

“Tem momentos na partida que pecamos demais. Achando que não vai acontecer ou que não pode acontecer, e acontece. Começou o Brasileiro, que é diferente, o nível das equipes é diferente do Gaúcho. Faz com que precisamos estar mais concentrados e dedicados. Tem coisas para ajustar. Um time não se faz na primeira rodada. Essas primeiras partidas serviu para nós vermos que precisamos melhorar. Dentro das partidas, teve momentos onde a gente sofre contra-ataques, ficamos mal posicionados. Não porque não treinamos, mas são coisas que, como grupo, temos que falar mais. Mais comunicação em campo para ajeitar entre nós. Treinador não pode entrar em campo para marcar e correr”, pediu o capitão colorado.

O time titular colorado ainda está invicto na temporada. O Inter só teve uma derrota, no Gauchão, para o Veranópolis, quando os reservas estiveram atuando. A equipe sub-23, de Clemer, também não perdeu no início do Estadual. Mas desde o começo do Brasileiro, a supremacia em relação aos adversários caiu.

Abelão já criticou o time na estreia, contra o Vitória. No Maracanã, o Inter saiu vencendo por 2 a 0 e cedeu o empate para o Botafogo. E saiu perdendo para o Cuiabá e conseguiu o gol de empate apenas nos minutos finais. Todo esse cenário faz com que D'Ale foque um objetivo: o equilíbrio do time.

“O Cuiabá é um time com atletas fortes e altos. Que aproveitam o contra-ataque. Sabíamos disso, tínhamos visto os vídeos. Mas no jogo acontece coisas diferentes, aí que entra coisas que temos que decidir, ter a comunicação para arrumar em campo. Ajustando as coisas, vamos encontrar um equilíbrio. É o mais importante dentro do futebol. Para ser um time completo, tem que ter isso. Atacar bem e defender bem”, completou o argentino.

O Inter chegou em Porto Alegre no final da manhã desta sexta-feira e foi ao CT do Parque Gigante treinar. Os titulares fizeram um trabalho regenerativo, apenas. Neste sábado, Abelão deve encaminhar a equipe que pega o Sport, no domingo, às 16h, no Beira-Rio.

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.