Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 04/05/2014
  • 09:50
  • Atualização: 10:04

Desclassificação influenciou no jogo contra Santos, avalia Rui Costa

Diretor-executivo do Grêmio explicou que elenco trabalha para virar essa página

Grêmio empatou em 0 a 0 com Santos na Vila Belmiro | Foto: Ivan Storti / Lancepress / CP

Grêmio empatou em 0 a 0 com Santos na Vila Belmiro | Foto: Ivan Storti / Lancepress / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

Após o empate com o Santos nesse sábado, o diretor-executivo do Grêmio, Rui Costa, lembrou que o grupo chegou à Vila Belmiro depois de um jogo “extremamente difícil”, fazendo referência à eliminação na Libertadores da América pelo San Lorenzo na quarta. “Ninguém conseguiu dormir e já no outro dia tivemos que lidar com uma série de especulações e questionamentos que fazem parte do futebol”, relatou. “Isso de alguma forma veio para o jogo de hoje”, avaliou.

“Por mais que estejamos trabalhando para virar essa página, esse livro é pesado”, explicou Rui Costa. “Perder diante do nosso torcedor como perdemos, sermos desclassificados de uma competição que tínhamos possibilidade de buscar o título, até pelo nível dos times que estão aí e pelo que mostramos durante a competição, é muito difícil”, lamentou o dirigente.

Apesar de o Grêmio não ter saído do 0 a 0, Rui Costa ressaltou a importância de conquistar um ponto fora de casa. “Se não me falha a memória, são 12 jogos na Vila Belmiro em 2014, 11 vitórias do Santos, um empate e nenhuma derrota”, contabilizou. “Nessas circunstâncias, somar um ponto em um campeonato de pontos corridos, contra uma grande equipe, na Vila Belmiro, foi um bom resultado”, argumentou.

“Ninguém está comemorando porque empatou na Vila Belmiro, mas ouvi até jogadores do Santos elogiando o sistema defensivo do Grêmio”, relatou Rui Costa. “Mas nós queremos muito mais e vamos trabalhar para isso”, enfatizou.

Bookmark and Share