Correio do Povo

Porto Alegre, 1 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
13ºC
Amanhã
16º 20º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Grêmio

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

05/05/2014 10:12 - Atualizado em 05/05/2014 10:55

Barcos chega a cinco jogos sem gols pelo Grêmio

Centroavante segue como artilheiro do clube na temporada com 15 gols

Barcos não anota gols desde duelo contra Nacional<br /><b>Crédito: </b> Lucas Uebel / Grêmio / CP
Barcos não anota gols desde duelo contra Nacional
Crédito: Lucas Uebel / Grêmio / CP
Barcos não anota gols desde duelo contra Nacional
Crédito: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Barcos é de longe o artilheiro gremista na temporada de 2014. Mas, no momento em que o Grêmio precisou dos gols, eles não vieram. O camisa 9 e capitão está há cinco jogos sem balançar as redes. A confiança de Enderson Moreira, porém, segue inabalada, mesmo que o centroavante tenha sido substituído no último compromisso.

O argentino vive bom 2014. Já contabiliza 15 gols marcados em 23 partidas disputadas - são 13 tentos no Gauchão e dois na Libertadores. No entanto, nas últimas partidas, não balançou as redes. Seu último gol completará um mês no sábado e aconteceu na vitória sobre o Nacional, no dia 10 de abril. Sao seis jogos do Grêmio no período, mas o Pirata esteve relacionado para apenas cinco, pelo uso de reservas na vitória sobre o Atlético-MG.

O Pirata passa por novo período de críticas da torcida, que o cercou no estacionamento da Arena após a desclassificação na Libertadores. Mas perder as chances claras do jogo e o primeiro pênalti da série custou caro ao Tricolor. No empate com o Santos, Barcos foi substituído por Enderson Moreira pela primeira vez. Lucas Coelho, criado na base, centroavante, entrou na vaga do Pirata. O jovem também jogou contra o Galo, quando marcou um dos gols da vitória.

O técnico Enderson Moreira elogiou os número de Barcos e disse que fazer gols não é tão fácil. "Acho que o Barcos vem de quatro meses de números significativos. Temos confrontos difíceis, não é simples fazer gol. Às vezes as oportunidades são poucas. É o conjunto. Acho que temos que produzir mais para este jogador e as oportunidades que criamos também vão entrar. Ele não fez gol por detalhe na quarta", avaliou.

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.