Correio do Povo

Porto Alegre, 27 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
14ºC
Amanhã
18º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

05/05/2014 21:30 - Atualizado em 05/05/2014 21:38

Suspeito de atirar vaso sanitário teria confessado, diz advogado

Torcedor também teria dito o nome de outras duas pessoas que provocaram a morte no Arruda

O advogado Adelson José da Silva, responsável pela defesa de Everton Felipe Santiago de Santana, afirmou nesta segunda-feira que seu cliente confessou a participação no arremesso de dois vasos sanitários nos arredores do estádio do Arruda, no qual ocorreu a morte de Paulo Ricardo Gomes da Silva, torcedor do Sport. De acordo com o jurista, o rapaz já teria revelado que cometeu o crime com duas pessoas.

"Ele já conhecia uma das pessoas da Inferno Coral (torcida organizada do Santa Cruz), e a outra ele conheceu no local",  afirmou na porta da delegacia. De acordo com Adelson, Everton Felipe já tinha certeza de que seria detido. "Ele confessou, já estava disposto a se entregar. Tinha pedido até à família que não o abandonasse no caso de ser preso", acrescentou o defensor

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.