Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

  • 06/05/2014
  • 12:54
  • Atualização: 12:55

PSG só poderá gastar 60 milhões de euros em uma contratação

Punição da Uefa foi determinada após não cumprimento do Fair-Play Financeiro

PSG só poderá gastar 60 milhões de euros em uma contratação  | Foto: Sebastien Bozon / AFP / CP

PSG só poderá gastar 60 milhões de euros em uma contratação | Foto: Sebastien Bozon / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

O Paris Saint-Germain poderá contratar para a próxima temporada apenas um jogador, com valor máximo de 60 milhões de euros (R$ 185,56 milhões), como parte das sanções impostas ao clube pela Uefa por conta do não cumprimento do Fair-Play Financeiro. A informação é do diário francês "L'Equipe".

Como parte desta condição para contratar, o PSG terá primeiro de vender um de seus jogadores do elenco. Além disso, o valor de 60 milhões de euros (R$ 185,56 milhões) não poderá ser dividido em várias contratações, como dois jogadores de 30 milhões de euros (R$ 92,78 milhões) ou três de 20 milhões (R$ 61,85 milhões).

O clube também está impedido de aumentar o seu gasto com salários de jogadores, que neste momento é de 240 milhões de euros (R$ 742,25 milhões) anuais. Este é o maior volume gasto em salários na Europa.

Assim como ocorreu com o Manchester City, outro clube punido por infringir o Fair-Play Financeiro, o PSG só poderá inscrever 21 jogadores na próxima Liga dos Campeões. Destes, cabe lembrar, a Uefa exige que pelo menos oito devem ser formados pela base do clube. Além disso, tal como o City, irá pagar multa de 60 milhões de euros (R$ 185,56 milhões), divididos em três parcelas anuais.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Esporte, PSG