Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 09/05/2014
  • 10:07
  • Atualização: 10:32

À rádio argentina, Barcos confirma contato do Boca com irmão

Centroavante tem contrato com Grêmio até 2016

Barcos interessa ao Boca Juniors | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

Barcos interessa ao Boca Juniors | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Após conceder entrevista no estádio Olímpico e dizer que só sabia do interesse do Boca Juniors em seu futebol por meio da imprensa, o centroavante Barcos confirmou em conversa com a Rádio La Red de Buenos Aires que seu irmão e empresário, David Barcos, foi procurado pelo clube portenho. “Não falaram comigo diretamente. Sei que falaram com meu irmão, mas nada mais”, disse o camisa 9, que repetiu o discurso de se sentir lisonjeado com o interesse.

“Dá satisfação que um clube como o Boca me procure, mas a verdade não sei a possibilidade de haver (negócio). Igualmente, sempre é uma honra e um prazer receber chamados e ainda mais de um clube que tem Carlos Bianchi como técnico”, seguiu o capitão gremista.

A contratação de Barcos seria um pedido especial de Carlos Bianchi, embora ainda não haja a garantia da permanência do técnico à frente da equipe. O treinador já manifestou o desejo de contar com o centroavante na metade do ano passado. Como fazia pouco da contratação do argentino, o Boca acabou nem levando o assunto adiante.

A direção gremista garante que não foi procurada até o momento. “Não chegou nada até a gente”, salientou Marcos Chitolina. Para tirá-lo de Porto Alegre, o Boca Juniors precisará colocar a mão no bolso. O Grêmio investiu mais de R$ 8 milhões para concretizar a vinda do camisa 9 em fevereiro de 2013, entre pagamento ao Palmeiras e assumir a dívida dos paulistas com a LDU e o próprio jogador, além de emprestar quatro atletas. Barcos tem contrato com o Tricolor até fevereiro de 2016.

Bookmark and Share


TAGS » Grêmio, Futebol, Esporte