Correio do Povo

Porto Alegre, 30 de Agosto de 2014


Porto Alegre
Agora
24ºC
Amanhã
14º 26º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Brasileirão

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

11/05/2014 21:02 - Atualizado em 11/05/2014 21:07

Damião fica no banco e Santos vence o Figueirense

Peixe arrancou 2 a 0 fora de casa para chegar à primeira vitória no Brasileiro

Peixe arrancou 2 a 0 fora de casa para chegar à primeira vitória no Brasileiro<br /><b>Crédito: </b> Ivan Storti/Santos/Divulgação CP
Peixe arrancou 2 a 0 fora de casa para chegar à primeira vitória no Brasileiro
Crédito: Ivan Storti/Santos/Divulgação CP
Peixe arrancou 2 a 0 fora de casa para chegar à primeira vitória no Brasileiro
Crédito: Ivan Storti/Santos/Divulgação CP

O Santos enfim obteve sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro de 2014. Neste domingo, o Peixe foi até Londrina para enfrentar o Figueirense, mandante da partida, e fez 2 a 0 no adversário, com gols de Gabriel e Arouca. Com isso, o Alvinegro Paulista, que havia empatado seus três primeiros jogos, chegou a seis pontos, se igualando aos rivais Palmeiras e São Paulo. Os catarinenses, enquanto isso, amargam a lanterna isolada do certame, sem pontos.

Antes do início da partida, o técnico Oswaldo de Oliveira surpreendeu ao ceder à pressão da torcida do Santos e barrar Leandro Damião. Com isso, o Peixe foi escalado com Alison, Arouca, Cícero e Lucas Lima no meio e apenas dois atacantes, Thiago Ribeiro e Gabriel.

Ao reforçar o meio, o Santos conseguiu reter a bola – chegou a ter 71% de posse de bola em determinado momento do primeiro tempo. Porém, não conseguiu criar chances de perigo até os minutos finais – as mais agudas vieram com chutes de fora da área de Arouca, aos seis, e de Cícero, aos 29, e de dentro dela com Lucas Lima, aos 15, em lance que terminou com finalização mal feita pelo meia.

Porém, brilhou a estrela de Gabriel. Já aos 44 minutos, o lateral Emerson foi à linha de fundo e cruzou. Em posição irregular, o camisa 7 só precisou escorar de cabeça para abrir o placar e fazer com que seu time fosse para o vestiário em vantagem.

Mais solto, o Santos voltou assustando na segunda etapa. Logo aos quatro minutos, Tiago Volpi fez grande defesa e evitou gol de Alison, que finalizou de longa distância. Aos 11, Lucas Lima deixou Gabriel na cara do gol, mas o atacante concluiu muito mal, por cima do gol. Aos 15, porém, o Figueira não conseguiu sair ileso. Após puxar para a entrada da área, Arouca finalizou com a perna canhota e viu a bola morrer no lado esquerdo do gol de Tiago Volpi determinando o placar final.


Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.