Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 13/05/2014
  • 08:42
  • Atualização: 08:44

Breno e Marquinhos Pedroso disputam vaga na lateral do Grêmio

Clube se despediu de Wendell, que foi convocado para seleção sub-21

Breno e Marquinhos Pedroso disputam vaga na lateral do Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

Breno e Marquinhos Pedroso disputam vaga na lateral do Grêmio | Foto: Lucas Uebel / Grêmio / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Há um ano e meio, duas apostas tomaram conta da lateral-esquerda no Grêmio: Alex Telles e Wendell. O primeiro já saiu e, após a despedida de Wendell nesse domingo, o clube tenta repetir a fórmula bem sucedida pela terceira vez seguida com dois candidatos a herdarem a vaga: Breno e Marquinhos Pedroso.

A CBF não liberou Wendell e Luan da disputa do Torneio de Toulon com a seleção sub-21. Assim, a partir desta semana, inicia-se efetivamente a briga pelo sucessor na esquerda. O primeiro compromisso será contra o Fluminense, domingo, na Arena. Assim como foi no início com os dois antigos titulares, o olhar é de desconfiança.

Breno, cria do Red Bull Brasil e descoberto na Taça São Paulo, chegou em março de 2013. "Tenho muita convicção, está pronto para ter oportunidade. A partir daí, são inúmeras variáveis, mas foi preparado para isso. Obviamente esperávamos ter um pouco mais de prazo. Quando trouxemos o Wendell, ele teve uma preparação maior", destaca o coordenador da base gremista, Júnior Chávare, responsável pela sua contratação.

Acostumado a ser ala, a vocação ofensiva foi uma das dificuldades nos primeiros meses. Aos 19 anos recém-completados, Breno renovou o seu vínculo há poucas semanas, até 2017. O Grêmio adquiriu 50% dos seus direitos econômicos.

O outro candidato chegou há poucos dias, mas já mostra muita disposição nos treinos. Marquinhos Pedroso desembarcou com o cartaz de melhor lateral do Campeonato Catarinense. "Observamos bastante ele. Fisicamente é mais forte. É volante de origem", ressalta Chávare.

Bookmark and Share