Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 14/05/2014
  • 22:21
  • Atualização: 22:22

De virada, Corinthians vence Atlético-PR em amistoso

Partida marcou primeiro jogo após as obras na Arena da Baixada

  • Comentários
  • Lancepress

O Corinthians venceu o Atlético-PR por 2 a 1, de virada, em amistoso disputado na noite desta quarta-feira, na "nova" Arena da Baixada, em Curitiba. O jogo serviu como evento-teste da Fifa, já que o reformado estádio do Furacão receberá jogos da Copa do Mundo.

O Atlético-PR até saiu na frente, com belo gol anotado por Marcelo (o primeiro da Arena da Baixada pós-obras para a Copa) no início do primeiro tempo. Ainda na etapa inicial, Luciano deixou tudo igual. No segundo tempo, Renato Augusto balançou as redes, comemorou nos braços da torcida do Corinthians, e sacramentou a vitória alvinegra.

É válido destacar o grande número de substituições feitas pelos técnicos Miguel Ángel e Mano Menezes. Ao todo, a partida registrou 19 alterações. Elias, em seu primeiro jogo nesta segunda passagem pelo Timão, ficou em campo nos 90 minutos.

Ambas as equipes voltam a campo no próximo domingo, às 16h, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. O Furacão recebe, no Estádio Willie Davids, em Maringá, a Chapecoense. O Timão enfrenta, na inauguração oficial da Arena Corinthians, o Figueirense.

O jogo

Ditando o ritmo desde o apito inicial, o Atlético-PR não tardou a abrir o marcador. Aos 13 minutos, Marcelo, em jogada individual, dominou pela direita, passou fácil por Gil, deixou Felipe esticado no chão e bateu cruzado, no canto de Walter, anotando o primeiro gol da "nova" Arena da Baixada.

O tento rubro-negro pareceu ter acordado o Corinthians. Aos 25 minutos, Jadson fez belo lançamento para Luciano, que dominou e encobriu o goleiro Weverton antes de mandar para o fundo das redes. O assistente, no entanto, marcou, equivocadamente, impedimento. Dois minutos depois, porém, Renato Augusto encontrou o próprio Luciano na entrada da área. O atacante bateu, a bola desviou na zaga rubro-negra e o gol foi marcado.

No intervalo, o técnico Miguel Ángel mudou dez jogadores, deixando apenas Lucas Olaza como remanescente. As alterações parecem ter prejudicado o Furacão. O Timão voltou com ritmo intenso e, aos nove minutos, marcou o gol da virada. Renato Augusto puxou contra-ataque, tocou para Luciano e recebeu a bola de volta na grande área para carimbar seu quarto tento com a camisa alvinegra. Na comemoração, foi para as arquibancadas comemorar com sua torcida, posicionada atrás da baliza.

Na sequência, o jogo teve seu ritmo completamente quebrado e prejudicado pelas diversas substituições promovidas, aos poucos, por Mano Menezes. A partida perdeu tempo de bola rolando e ganhou considerável número de faltas antes de terminar empatada.

Bookmark and Share