Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
14º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Brasileirão

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

18/05/2014 18:17 - Atualizado em 18/05/2014 18:18

Em dia de estreias, Ganso brilha e São Paulo derrota Flamengo no Maracanã

Camisa 10 marcou os dois gols da vitória são-paulina

A grandeza de Flamengo e São Paulo promete sempre um grande jogo. A estreia de Ney Franco no comando do Rubro-Negro e a apresentação do novo uniforme do time carioca davam um ar especial à partida. O jogo, porém, provou o contrário e o Maracanã foi palco de um justo 2 a 0, para o Tricolor, com gols de Ganso

Ganso brilha

As tradicionais reclamações de Luis Fabiano já eram vistas desde os primeiros toques na bola e isso, mais uma vez, não ajudou o São Paulo, que viu um Flamengo recuado, porém perigoso. Wallace quase abriu o placar aos sete minutos, com forte cabeçada. Aos nove, Luiz Antonio voltou a assustar, com uma pancada de fora da área. Rogério Ceni, como de praxe, mandou de manchete para o escanteio.

O Tricolor melhorou e com boa partida de Alexandre Pato teve oportunidades para abrir o placar. Ceni chegou a ter sua chance para marcar o gol, porém Felipe fez boa defesa. No contra-ataque, o Rubro-Negro se enroscou com a bola e não aproveitou o gol livre. E livre era o que estava Paulo Henrique Ganso, que recebeu lindo passe de Osvaldo e sem dificuldades mandou para o fundo do gol.

A pouca efetividade do Flamengo na primeira etapa demonstrava ter sumido no segundo tempo. Everton, no primeiro minuto da etapa final, acertou a trave de Rogério Ceni, animando a torcida. Melhor distribuído em campo, o Rubro-Negro se tornou superior ao São Paulo, mas não conseguia furar a defesa adversária. Com muitos erros nos cruzamentos, o Flamengo lançou Lucas Mugni para tentar auxiliar o setor ofensivo, mas não foi feliz em sua escolha. Recuado e jogando nos contra-ataques, o Tricolor teve apenas duas chances para aumentar a vantagem. As duas, porém, graças ao goleiro Felipe, que por pouco não complicou o Flamengo.

O São Paulo demonstrava cansaço e não se preocupava mais em atacar. Soberano na defesa, tímido no ataque. Foi assim que o Tricolor aguentou os últimos minutos de pressão do Flamengo, que se lançava ao ataque na base de grande disposição e pouca técnica. Paulinho e André Santos exigiram boas defesas de Rogério Ceni, mas não balançaram as redes.

No último minuto de jogo, em jogada iniciada em cobrança de lateral, Luis Fabiano cruzou e Paulo Henrique Ganso, sozinho, balançou as redes e matou o jogo, que terminou assim como o primeiro tempo: São Paulo com a vitória e o time paulista colando no G4. Com três derrotas consecutivas, o Flamengo vê os líderes abrirem vantagem na tabela e com apenas quatro pontos, pode virar a rodada na zona de rebaixamento.

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.