Porto Alegre, quinta-feira, 27 de Novembro de 2014

  • 18/05/2014
  • 20:43
  • Atualização: 21:11

Atlético-MG vence o Santos de virada

Ex-santista André foi o herói do Galo com dois gols

  • Comentários
  • Lancepress

O futebol é perigoso e o Santos percebeu isso, após a partida contra o Atlético Mineiro, neste domingo, pela 5ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em noite inspirada, o atacante André marcou dois gols e ajudou o Galo a engolir o Peixe, em jogo que terminou 2 a 1. Após abrir o placar com Cícero, o Alvinegro da Vila Belmiro permitiu a virada atleticana na partida.

O nome da primeira etapa foi o de Cícero. A primeira das chances do jogador foi logo aos três minutos de jogo, quando, sozinho, recebeu ótimo passe, mas chutou mascado e facilitou a vida do goleiro Victor. O lance pintava a ideia de que o jogo seria movimentado, algo pouco visto nos jogos santistas no Brasileirão até agora. Apenas pintava. Além da primeira oportunidade de balançar as redes, Cícero ainda furou e deixou a bola passar livre, leve e solta, na frente do gol do Atlético.

Nas bolas aéreas, o Galo esbarrou em Aranha, que operou um milagre aos 30 minutos da primeira etapa, em cabeçada de Leonardo Silva. Alan Santos, sem esbarrar em ninguém, fez passe magistral e deixou Cícero na cara de Victor e, desta vez, o jogador não desperdiçou e estufou as redes, 1 a 0.

Mais animado, o segundo tempo de jogo começou com a participação da torcida atleticana. Foi possível perceber que muitos mineiros foram até o estádio, pois o número de reclamações contra André, após chute fraco e sem direção, foi alto. Depois do chute do ex-menino da Vila, o Atlético manteve postura ofensiva e conseguiu balançar as redes de Aranha, mas o gol foi anulado corretamente pela arbitragem. Impedido, André dividiu a bola com a zaga santista e Emerson Conceição empurrou para o gol.

Embora anulado, o gol de empate do Galo amadurecia e o Santos não exercia a vantagem de ser mandante da partida. O Alvinegro Praiano teve chances com Thiago Ribeiro, entretanto o atacante chutou longe do gol, e com Gabriel, mas a jovem promessa santista, não viu Arouca livre dentro da área e optou por chutar. Victor, bem postado, não teve dificuldades para defender.

Água mole em pedra dura, tanto bate até que fura. O ditado popular foi colocado em prática no duelo entre alvinegros. Após linda jogada de Marion pela esquerda, o vaiado André recebeu a bola sozinho dentro da área santista e, sem ser importunado, empatou a partida. Minutos depois, o mesmo André avançou pelo meio de campo e ao chegar à entrada da grande área, mandou de bico, no canto, surpreendendo Aranha e virando a partida para o Galo.

Thiago Ribeiro abandonou a partida, lesionado, e como o Santos já havia feito as três substituições terminou a partida com um homem a menos. Se de igual para igual, já era sufocado, com um homem a menos, acabou derrotado. Depois de 8 jogos, o Alvinegro Praiano perde e termina a rodada com nove pontos. Com a vitória, o Atlético respira, se afasta da zona de rebaixamento e alcança os quatro pontos.

O próximo adversário do Peixe é o Goiás. O jogo será realizado nesta quarta-feira, no Serra Dourada (GO). Já o Atlético Mineiro viaja até a Bahia para encarar o Vitória na quinta-feira, no estádio Joia da Princesa.

Bookmark and Share