Porto Alegre, quarta-feira, 17 de Dezembro de 2014

  • 27/05/2014
  • 11:00
  • Atualização: 11:04

Taça Fifa chega a Brasília depois de percorrer 25 capitais brasileiras

Próxima parada será São Paulo, palco da abertura da Copa do Mundo

Taça Fifa chega a Brasília depois de percorrer 25 capitais brasileiras | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

Taça Fifa chega a Brasília depois de percorrer 25 capitais brasileiras | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

  • Comentários
  • Agência Brasil

O objeto de desejo das 32 seleções que disputarão a Copa do Mundo no Brasil e de milhões de torcedores espalhados pelo mundo, a Taça Fifa, chegou nesta terça-feira a Brasília depois de percorrer 25 capitais brasileiras. Este é o penúltimo destino da taça antes do início da Copa. Da capital do país, o troféu segue para São Paulo.

Hoje e amanhã, das 9 às 21h, os brasilienses poderão ver de perto o troféu, que será erguido no próximo dia 13 de julho pelo capitão da seleção campeã do mundo, no Estádio do Maracanã.

Para ter a chance de ver a Taça Fifa de perto, o torcedor terá que comprar duas garrafas de refrigerante Coca-Cola e trocar o cupom fiscal por um ingresso. Quem não tiver o ingresso, não terá acesso à taça, mas poderá assistir a um filme com a história dos mundiais e participar de uma série de atrações, como jogos interativos.

Lançada em 1974, a Taça Fifa mede 36,8 centímetros de altura, pesa 6,175 quilos e é feita de ouro maciço 18 quilates. Pelas regras da organização máxima do futebol, apenas chefes de Estado e campeões mundiais podem segurar o troféu.

Ao lado da Alemanha (1974 e 1990) e da Argentina (1978 e 1986), o Brasil tem o nome gravado na taça duas vezes, em referência às conquistas de 1994 e 2002. Tetracampeão mundial pelo Brasil em 1994, o ex-jogador Bebeto foi o encarregado de erguer hoje a taça, em cerimônia no Estádio Nacional Mané Garrincha.

Ao pegar o troféu, o ex-jogador "embalou" a taça, repetindo o gesto da comemoração do gol marcado contra a Holanda, nas quartas de final da Copa dos Estados Unidos, em 1994. "É uma emoção muito grande estar ao lado da taça, que é tão sonhada por todos nós. Graças a Deus, tive a felicidade de levantá-la. É sempre um prazer estar perto. Todo jogador quando começa a jogar futebol tem esse sonho", disse o tetracampeão.

Muito mais do que festa esportiva


O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, disse que a taça é o símbolo máximo "da força do esporte mais popular, universal e mais admirado do planeta". Sobre a Copa, o ministro lembrou que ela representa para o Brasil muito mais do que uma festa esportiva.

" A copa não é apenas uma festa do esporte, mas uma grande oportunidade para o país que a acolhe. São emprego, a projeção da imagem, com milhões de pessoas com os olhos voltados para o Brasil. Tenho a convicção e segurança de que o Brasil ofereçará ao mundo o que há de melhor", disse Rebelo.

O tour da taça já passou por 89 países, percorrendo mais de 150 mil quilômetros. Na terceira edição do evento, é a primeira vez que o troféu percorre todas as capitais do país-sede do Mundial. O tour brasileiro da Taça Fifa começou no dia 22 de abril e será encerrado no dia 1º de junho em São Paulo.

Bookmark and Share