Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 28/05/2014
  • 16:42
  • Atualização: 16:52

Após Luque, Delcir Sonda diz que “dará” Aránguiz ao Inter

Investidor se reaproximou do Colorado e reestrutura empresa para voltar a investir em outros clubes

Após Luque, Delcir Sonda diz que dará Aránguiz ao Inter | Foto: Cristiano Munari / Especial CP

Após Luque, Delcir Sonda diz que dará Aránguiz ao Inter | Foto: Cristiano Munari / Especial CP

  • Comentários
  • Lancepress

Delcir Sonda voltou a vestir a camisa do Inter. Literalmente. O investidor, que bancou a chegada de Martín Luque e vai comprar também Aránguiz, esteve no Centro de Treinamentos do Inter nesta quarta-feira para se reunir com dirigentes. Com um casaco do clube, detalhou as negociações e afirmou que é "um pai" para o Colorado, pelos moldes de negócios.

A presença de Sonda em Porto Alegre se deu por dois motivos. Primeiro, para conhecer mais de perto o novo contratado. Luque desembarcou nesta terça e foi apresentado como reforço colorado nesta quarta. Depois, para alinhavar com a diretoria colorada a compra de Aránguiz. Reuniões nos próximos dias devem finalizar a situação - o meio-campista custa R$ 11 milhões e pertence ao empresário dono de Granada (ESP) e Udinese (ITA).

Os moldes do negócio são vantajosos ao clube, garante Sonda. O próprio investidor disse que é "de pai para filho". Sonda bancou os três milhões de dólares da negociação por Luque. O Inter tem dois anos para pagar por 30% dos direitos. E depois mais um ano para comprar outros 20% e ficar com 50% dos direitos do novo atacante. O mesmo molde será utilizado na negociação pelo chileno.

“Sobre o chileno estamos acertando os detalhes. Mas é mais ou menos o mesmo molde. Vai ser como no caso do D’Alessandro. O Inter fica com uma parte e depois me paga o resto. É uma negociação de pai para filho, ninguém faz isso”,comentou Sonda, quando interpelado pelos jornalistas presentes.

Atualmente, Sonda diz que está reestruturando a DIS, braço esportivo do Grupo Sonda. Depois de sair "decepcionado" da negociação de Neymar para o Barcelona, quando não recebeu o que julga ter direito, houve um recuo no mercado. E também uma reestruturação da DIS. Sonda diz ter sido traído por pessoas que ele confiava e agora afirma que a empresa está em processo de "reestruturação", para voltar forte a investir em outros clubes.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Inter, Esporte