Porto Alegre, sexta-feira, 24 de Outubro de 2014

  • 29/05/2014
  • 00:04
  • Atualização: 00:11

Atlético-MG vence o Fluminense e avança no Brasileirão

Dátolo comandou vitória por 2 a 0 sobre vice-líder do campeonato

Atlético-MG vence o Fluminense e avança no Brasileirão | Foto: Gabriel Castro / Photocamera / CP

Atlético-MG vence o Fluminense e avança no Brasileirão | Foto: Gabriel Castro / Photocamera / CP

  • Comentários
  • Lancepress

O Atlético-MG aplicou uma blitz sobre o Fluminense, no segundo tempo da partida desta quarta-feira, e levou a vitória por 2 a 0 no Ipatingão. Com gols de Dátolo e Diego Tardelli, o Galo aproveitou falhas da defesa da equipe do técnico Cristovão Borges para levar os três pontos, em jogo marcado pela grande quantidade de cartões amarelos, além da expulsão de Michael com apenas um minutos em campo.

Com o resultado, os mineiros chegam a 14 pontos e colam no G4, na sexta posição. Já o Flu permanece em segundo, com 15. Na próxima rodada, a última antes da pausa para a Copa do Mundo, o Atlético-MG enfrenta o São Paulo, no sábado, às 18h30, no Morumbi. No dia seguinte, o Fluminense recebe o Internacional, às 18h30, no Moacyrzão.

Em um primeiro tempo que os jogadores estiveram mais preocupados em reclamar da arbitragem, poucas chances de gol foram criadas. O Galo quase marcou aos 18 minutos quando Marion lançou Dátolo na área, mas o argentino demorou a chutar e foi travado. Logo depois, foi a vez de Leandro Donizete ter a chance em chute que passou raspando a trave de Felipe Garcia.

A primeira finalização efetiva tricolor aconteceu aos 32 com Walter, de fora da área, em chute sem direção. Seis minutos depois, a melhor oportunidade do Fluminense para abrir o placar. Conca fez boa jogada e abriu para Carlinhos na esquerda. O camisa 6 foi à linha de fundo e cruzou para Rafael Sobis, que ganhou no alto de Edcarlos e cabaceou firme, em bola que tirou tinta do travessão de Giovanni. Mas foi só. Muitos cartões amarelos e placar em branco na primeira etapa.

Sem alterações, a equipe de Levir Culpi voltou do intervalo com uma nova postura. Logo aos sete minutos, Emerson Conceição cruzou, o goleiro Felipe Garcia não conseguiu afastar o perigo e bola sobrou limpa para Dátolo. O camisa 23 do Galo limpou a marcação antes de empurrar para o fundo da rede.

A resposta do Fluminense foi imediata. Dois minutos após sofrer o gol, Chiquinho recebeu pela esquerda e cruzou para Walter, que pegou de primeira, mas Giovanni fez grande defesa. O goleiro atleticano começou a se transformar em um dos grandes personagens do jogo quando aos 15 fez outra grande defesa em chute de Rafael Sobis. Quando dava a entender que o Fluminense empataria a partida, o Atlético-MG marcou o segundo. Após grande jogada individual, Dátolo, o nome da partida, cruzou e contou com nova falha da defesa tricolor para a bola chegar em Diego Tardelli, livre na pequena área, apenas empurrar para a rede.

Precisando ao menos empatar para assumir a liderança, Cristovão Borges lançou o centroavante Michael no lugar de Sobis. Mas a alteração foi por água abaixo quando o camisa 20 recebeu cartão vermelho após entrar de sola no lateral-direito Alex Silva. O atacante ficou em campo apenas um minutos e 23 segundos. Com um a menos, o Fluminense ainda tentou diminuir o placar. Conca acertou o travessão em cobrança de falta aos 42 minutos, mas foi só. O Atlético se segurou e garantiu mais três pontos no Brasileirão.



Bookmark and Share