Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 29/05/2014
  • 08:57
  • Atualização: 08:58

Medeiros defende competitividade para evitar saída do G4

Dirigente elogiou campanha sólida, mas avisou que Inter pode render mais

Medeiros defende competitividade para evitar saída do G4 | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP

Medeiros defende competitividade para evitar saída do G4 | Foto: Alexandre Lops / Inter / Divulgação CP

  • Comentários
  • Correio do Povo e Rádio Guaíba

O vice-presidente de futebol do Inter, Marcelo Medeiros, não escondeu a satisfação por ver a equipe novamente entre os quatro primeiros colocados do Brasileirão. A sensação, classificada como "muito boa", foi conquistada com a vitória sobre a Chapecoense na noite dessa quarta-feira. O dirigente acredita, porém, que o Colorado ainda precisa de mais para garantir a permanência no G4. "Estamos dentro do caminho que a gente traçou e era importante ter esta retomada. Confiamos no grupo e isso vai contar para o nosso equilíbrio e nos ajudar na manutenção da competitividade até o final do ano", disse em entrevista coletiva.

Medeiros observou que o Brasileirão ainda sofre com a alternância de posições na parte de cima da tabela. O segredo para ficar fora desta "dança das cadeiras" é jogar com muito comprometimento a cada rodada. "Estamos com uma campanha sólida. Tivemos um tropeço diante do Cruzeiro, ligado a uma série de agravantes como lesões e desfalques por suspensão. Acho que é necessário manter a seriedade e pensar em fazer pontos contra o Fluminense", explicou. 

Contratações pontuais e a prioridade


Medeiros afirmou que o Inter segue a política de contratações pontuais para a continuidade do Brasileirão. A primeira delas foi o argentino Martín Luque, que foi apresentado nessa quarta-feira no Parque Gigante. O dirigente reiterou que o clube ainda procura ao menos dois nomes no mercado. "Vamos continuar com a mesma cautela de buscar dois jogadores, até três, no máximo. É preciso ver como as coisas se desenvolvem na janela de negociação. Não podemos ser surpreendidos", disse.

A contratação em definitivo do meia Charles Aránguiz é a prioridade do Inter, que deve contar com o auxílio do empresário Delcyr Sonda no negócio. O clube tem até 15 de agosto para formalizar a proposta para contar o chileno. "Queremos finalizar este negócio e tranquilizar a torcida colorada. Ele agradou a todos e tem funções importantes dentro do time", analisou.

Bookmark and Share