Porto Alegre, segunda-feira, 20 de Outubro de 2014

  • 29/05/2014
  • 15:35
  • Atualização: 16:25

Marcelo distribui "cutucadas" em entrevista na Granja Comary

Lateral retrucou algumas perguntas com certo tom de deboche nesta quinta-feira

Marcelo não gostou de algumas perguntas na coletiva desta quinta | Foto: Vanderlei de Almeida / AFP

Marcelo não gostou de algumas perguntas na coletiva desta quinta | Foto: Vanderlei de Almeida / AFP

  • Comentários
  • LancePress

Apontado como o responsável por entreter o grupo por causa da espontaneidade, Marcelo acabou também divertindo os jornalistas durante entrevista concedida nesta quinta-feira. Mesmo em momentos em que não falou em tom de brincadeira, o lateral-esquerdo não perdeu o senso de humor.

O camisa 6, em um primeiro momento não concordou com a colocação de um repórter, que destacou o fato de o Brasil não ser mais um país formador de jogadores. Na sequência, o mesmo profissional perguntou se Marcelo considerava o Real Madrid, clube do jogador, superior à Seleção Brasileira ou a outras equipes nacionais. "Você acha mesmo que o Brasil não está formando craques?", indagou Marcelo em um tom de inconformismo, gesticulando os braços.

Na sequência, o lateral disparou, usando um vocabulário mais informal: "Acho sacanagem você falar isso. É só ver a nossa Seleção. Mesmo quem não veio está arrebentando. E sobre a segunda pergunta se o Real é melhor que a Seleção? É uma coisa totalmente diferente. Real é um time e Seleção é Seleção. A única coisa que posso responder, na moral, que é na minha língua, é isso."

A reposta do jogador acabou provocando um novo questionamento, posteriormente, sobre a personalidade do jogador. O repórter quis saber se Marcelo se sentia tímido diante das câmeras, mesmo sendo eleito um dos atletas mais brincalhões do grupo. "Não mudo. São as perguntas que vocês fazem. Se for engraçado, vou rir. Se não, vou responder sério. Quem me conhece sabe como sou e não tenho de ficar sendo bonzinho na frente das câmeras. Se for chato, vou falar sério e simples", comentou.

No fim, um jornalista repercutiu o fato de Marcelo poder fazer a estreia na Copa diante da Croácia no dia do aniversário dele, que, segundo o repórter, seria 12 de junho. Logo, o jogador corrigiu: "Meu aniversário é 12 de maio."

Não convencido, o repórter insistiu que seria 12 de junho. Longe do microfone, Marcelo simulou que levantaria da cadeira e comentou com Hernanes, que estava ao lado do jogador: "Pô, ele quer saber mais que eu? Deu ruim lá, hein?"

O jornalista, então, concordou, enquanto os profissionais riam da situação. No fim, Marcelo acabou respondendo simplesmente sobre a estreia no dia 12 em São Paulo.


Bookmark and Share