Porto Alegre, terça-feira, 21 de Outubro de 2014

  • 30/05/2014
  • 21:59
  • Atualização: 22:03

Grêmio oficializa acordo com a OAS na segunda-feira

Evento para a assinatura na Arena terá presença de conselheiros e dirigentes

Com o acordo entre Grêmio e OAS, clube receberá a verba para concluir o centro de treinamentos  | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP Memória

Com o acordo entre Grêmio e OAS, clube receberá a verba para concluir o centro de treinamentos | Foto: Lucas Uebel / Divulgação Grêmio / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

Os conselheiros e os integrantes do conselho de administração do Grêmio receberam na tarde desta sexta-feira um convite por e-mail para a cerimônia de assinatura do aditivo do contrato entre clube e a OAS na segunda-feira, às 14h. O presidente Fábio Koff e o diretor superintendente da OAS Arenas, Carlos Eduardo Paes Barreto, irão recepcionar os representantes da torcida no auditório da Arena.

O Grêmio e a construtora negociavam a entrega do estádio desonerado para assinar o aditivo. O Tricolor exigia receber a Arena desalienada do empréstimo de R$ 260 milhões contraídos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Mesmo com o acordo, o clube ainda pode realizar a compra da Arena e assim assumir o controle total sobre o estádio.

Com o acordo o valor da migração dos sócios deverá sofrer uma redução dos atuais R$ 42 milhões para R$ 12 milhões. Em 2016, o valor passará a ser de R$ 18 milhões e ficará até o fim da parceria entre o Grêmio e a OAS.

O aditivo permitirá também a liberação dos R$ 3 milhões que faltam para a conclusão das obras do Centro de Treinamento no bairro Humaitá, que passará a receber as atividades da equipe gremista com a implosão do estádio Olímpico. Com isso, o clube passará a ter a participação nos lucros dos empreendimentos que serão construídos pela empresa na área do “velho casarão”.

Bookmark and Share