Porto Alegre, quinta-feira, 23 de Outubro de 2014

  • 31/05/2014
  • 12:16
  • Atualização: 12:17

Avança negociação para Grêmio comprar a Arena

Tratativas com a OAS serão longas e não devem terminar em 2014

Novo contrato deve ser acertado na próxima segunda-feira | Foto: Vinicius Roratto / CP Memória

Novo contrato deve ser acertado na próxima segunda-feira | Foto: Vinicius Roratto / CP Memória

  • Comentários
  • William Lampert / Correio do Povo

Enfim, Grêmio e OAS celebrarão o novo contrato na próxima segunda-feira, quase um ano após as mudanças terem sido acertadas. As diversas reuniões nas últimas duas semanas, no entanto, serviram principalmente para aproximar as partes de um assunto que agita qualquer gremista: a compra da Arena.

Os lados acercaram-se da ideia nos últimos encontros entre Fábio Koff e Carlos Eduardo Paes Barreto, superintendente de Arenas da OAS. A venda chegou a ser aventada por alguns dirigentes gremistas no início do ano passado, porém cresceu mesmo a partir de janeiro. Antes relutante, a empreiteira agora vê com bons olhos a opção de repassar a administração do estádio para o clube. A Arena Porto-Alegrense teve um prejuízo superior a R$ 40 milhões na sua primeira temporada.

"Houve uma aproximação para a compra", confirma um dirigente. A negociação, porém, promete ser muito longa. Não existe chance de terminar ainda em 2014. A tarefa de Grêmio e OAS, agora, é encontrar um denominador comum quanto ao valor e à forma de pagamento. Tratativas que começarão a partir de segunda-feira após a assinatura das mudanças contratuais.

Até a compra efetiva, o Grêmio comemora as alterações no vínculo que alivia um pouco a sua situação financeira. Um economia que ao longo dos 20 anos, caso a parceria seguisse até o fim, custaria entre R$ 250 milhões e R$ 315 milhões.


Bookmark and Share