Correio do Povo

Porto Alegre, 20 de Setembro de 2014


Porto Alegre
Agora
23ºC
Amanhã
11º 19º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Copa do Mundo

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

31/05/2014 19:08 - Atualizado em 31/05/2014 19:10

Após eliminação em 2010, Maicon comemora nova chance na Seleção

Lateral disse que saída do Manchester City foi boa para ganhar sequência na Roma

Após eliminação em 2010, Maicon comemora nova chance na Seleção<br /><b>Crédito: </b> Vanderlei Almeida / AFP / CP
Após eliminação em 2010, Maicon comemora nova chance na Seleção
Crédito: Vanderlei Almeida / AFP / CP
Após eliminação em 2010, Maicon comemora nova chance na Seleção
Crédito: Vanderlei Almeida / AFP / CP

A eliminação no Mundial de 2010 gerou incertezas para Maicon. Sem saber se teria a oportunidade de disputar novamente uma Copa quatro anos depois, o lateral teve de superar problemas com as mudanças de clubes para garantir novamente um vaga em 2014.

A saída da Inter de Milão, clube no qual alcançou o auge e conquistou 12 títulos, para o Manchester City (ING) representou um problema reconhecido pelo jogador posteriormente. Naquele momento, o lateral se via muito distante de ter uma nova chance na Seleção, que era comandada por Mano Menezes.

"Claro que depois que saímos fora da copa de 2010, fiquei muito triste pelo que aconteceu, mas meu objetivo era de continuar. Tive chance com Mano de disputar a Copa América. Sempre batalhei e agora não será diferente. Tive muitas lesões na temporada passada, mas este ano foi totalmente diferente. Recebi a chance do Felipão quando fui para Roma e depois acabei sendo recompensado com a convocação para a Copa", comentou.

E o retorno para a Itália, quando fechou com a Roma, é apontado pelo jogador como uma escolha acertada que, futuramente, significaria garantir a participação novamente em uma Copa. "Nunca passou pela minha cabeça desistir de jogar pela Seleção. Ano passado não foi muito bom. Já queria estar no grupo quando Felipão assumiu, mas não conseguia porque estava sem sequência no Manchester City. A saída, então, foi boa para mim e para o clube. Queria um clube para ter oportunidades de jogar, o que aconteceu na Roma", avaliou.

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.