Porto Alegre, domingo, 23 de Novembro de 2014

  • 31/05/2014
  • 22:01
  • Atualização: 22:03

Adilson assume culpa por erros e admite conversa para decidir futuro

Vasco empatou pela quarta vez seguida na Série B

  • Comentários
  • Lancepress

O clima do Vasco não é nada bom. Depois do quarto empate consecutivo e de ver o G4 cada vez mais distante na Série B, o técnico Adilson Batista admitiu que não se sente tão seguro no cargo. Logo após o empate com a Portuguesa, neste sábado, em Volta Redonda, ele deu entrevista coletiva bastante abatido e revelou que vai ter uma conversa interna com o diretor executivo de futebol, Rodrigo Caetano.

"Me sinto incomodado pela situação, pela grandeza do clube e pelo objetivo que temos. Agora, tenho que tentar entender as coisas e relevar outras. A paciência que o torcedor não tem, às vezes o dirigente também não tem, e vocês (da imprensa) também não. Vou conversar com o Rodrigo (Caetano) internamente", comentou.

Ciente de que a própria torcida já está contestando o trabalho dele depois deste início ruim na Segundona, o treinador assumiu a culpa pelos recentes erros cometidos pelo Cruz-Maltino nos jogos e relatou que todos os jogadores estão bastante abatidos pela situação da equipe. "Todos no vestiário estão tristes pelo resultado. E isso está assim desde o jogo contra o Bragantino e contra o Joinville, apesar do segundo tempo bom em Santa Catarina. Isso nos incomoda, mas eu sou o responsável", disse o treinador.

Com o resultado, o Cruz-Maltino se mantém na 11ª colocação da Série B, com 11 pontos, mas ainda pode terminar a rodada em 12º, com apenas três pontos de distância para a zona de rebaixamento. A equipe volta a campo nesta terça, às 21h50min, quando visita o Boa Esporte, em Varginha.

Bookmark and Share


TAGS » Futebol, Esporte, Vasco