Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 31/05/2014
  • 22:40
  • Atualização: 22:41

Torcida do São Paulo cobra raça do time e pede volta de Lugano

Técnico Muricy Ramalho minimizou gritos das arquibancadas

  • Comentários
  • Lancepress

Parece que a atuação do São Paulo neste sábado não agradou a torcida tricolor presente no Morumbi. Durante o duelo com o Atlético-MG, que terminou com a vitória da equipe paulista por 2 a 1, os torcedores cobravam raça do time em campo e gritavam o nome zagueiro Lugano, pedindo a volta do ídolo do clube entre 2003 e 2006.

Para Muricy, os protestos surgiram após o time levar o gol. O comandante analisou a situação como natural e viu o nome de Lugano sendo chamado como reconhecimento da torcida aos ídolos que passaram pelo clube. "Acho que pediu raça só depois que tomou o gol. Enquanto estava um a zero, torceu como sempre. É natural. Era necessidade de ganhar em casa, por isso a torcida grita nome dos idolos, temos que entender e respeitar. As pessoas esquecem os idolos, mas no São Paulo as pessoas reconhecem. Isso é importante demais. Não se pode esquecer quem trabalhou tão bem quanto o Lugano. Nós não vamos descansar para melhorar o time", ressaltou.

O nome do uruguaio ganhou força para reforçar o setor defensivo do São Paulo após ter seu contrato encerrado com West Bromwich neste mês. Após a contratação de Kardec, a defesa virou prioridade da diretoria. Porém, tanto Muricy quanto o presidente Aidar querem cautela e só discutirão entradas e saídas de atletas depois da Copa do Mundo. Lugano jogará o Mundial pelo Uruguai sem clube.

Bookmark and Share