Correio do Povo

Porto Alegre, 24 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
15º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Brasileirão

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

01/06/2014 19:23 - Atualizado em 01/06/2014 19:32

Corinthians decepciona novamente na Arena e empata com o Botafogo

Paulistas venciam até Edilson marcar o gol de empate aos 41 minutos do segundo tempo

O Corinthians decepcionou sua torcida novamente e não conseguiu vencer na Arena Corinthians na tarde deste domingo. Após a derrota para o Figueirense por 1 a 0, na primeira partida oficial no estádio, desta vez a equipe cedeu o empate aos 41 minutos do segundo tempo para o Botafogo. O placar de 1 a 1 também interrompeu sequência de duas vitórias na competição, ao passo que o alvinegro carioca obteve seus segundo bom resultado seguido, vinha de triunfo sobre o Palmeiras por 2 a 0.

As equipes começaram bem postadas defensivamente, sem deixar espaços à frente da zaga. Tanto é que nos primeiros quinze minutos os goleiros Walter e Renan praticamente não foram exigidos.

O primeiro a assustar, porém, foi o Botafogo. Aos 22 minutos, após cruzamento da esquerda, Ferreyra subiu mais do que Fabio Santos e acertou um bom cabeceio e o goleiro Walter teve dificuldades para evitar o gol botafoguense. Mas, um minuto depois, o Corinthians foi mortal.

Jadson, em bela jogada, foi autor do primeiro gol corintiano em uma partida oficial na Arena. Ele driblou Bolatti com facilidade e, de esquerda, na entrada da área, acertou o cantinho do goleiro Renan.

O Botafogo sentiu o golpe e já não conseguiu manter a mesma postura na parte final do primeiro tempo. Teve de sair mais para o jogo e sofreu um pouco mais na defesa. Em um desses lances, aos 33 minutos, Guerrero chutou da esquerda, Renan defendeu e Bruno Henrique quase conseguiu completar para o gol.

No intervalo, o Botafogo fez uma alteração, colocando Daniel na vaga de Lucas. Com isso, Edilson voltou a atuar na lateral direita, sua posição de origem. Mas foi o time da casa que começou melhor o segundo tempo. Logo no primeiro minuto, após desvio de cabeça de Cléber, Ralf foi mais esperto do que o goleiro Renan e deu um leve toque na bola, que bateu na trave.

No segundo tempo, a partida teve de ser interrompida duas vezes por causa do grande número de balões que caíram no gramado. Com a bola rolando, as equipes tiveram mais espaços para jogar. Enquanto o Botafogo saia mais para o ataque, o Corinthians já não enfrentava uma marcação tão fechada.

Desta forma, ambos conseguiram criar chances de gol, com o Corinthians sendo mais efetivo. Os donos da casa tiveram pelo menos três oportunidades de matar o jogo, mas pararam em Renan. 

Nos quinze minutos finais, o Botafogo aumentou a pressão, obrigando o Corinthians a ficar mais recuado. Até que aos 41 minutos, Edilson partiu pela direita e chutou cruzado. A bola desviou em Cléber e entrou.

Nos minutos finais, o Corinthians até buscou o gol da vitória, mas a partida terminou mesmo 1 a 1. 

Bookmark and Share


Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.