Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 03/06/2014
  • 13:33
  • Atualização: 13:37

Werley comemora desempenho defensivo do Grêmio no começo do Brasileirão

Ao lado de Corinthians e Santos, Tricolor tem a defesa menos vazada da competição

Werley comemora desempenho defensivo do Grêmio | Foto: Lucas Uebel / TXT Assessoria / CP

Werley comemora desempenho defensivo do Grêmio | Foto: Lucas Uebel / TXT Assessoria / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Nas nove rodadas do Campeonato Brasileiro disputadas antes da Copa do Mundo, um setor da equipe do Grêmio se destacou: a defesa. O Tricolor terminou a primeira parte do campeonato antes do Mundial com a defesa menos vazada, apenas cinco gols sofridos – ao lado de Corinthians e Santos. O zagueiro Werley ressaltou a importância de sofrer poucos gols para brigar na parte de cima da tabela da competição.

“O Campeonato Brasileiro é uma competição muito forte e equilibrada, que exige bastante. É preciso muita atenção na defesa, porque qualquer vacilo pode terminar em gol. Acho que estamos fazendo um bom papel, defendendo bem, sofrendo poucos gols. É preciso ressaltar isso. A classificação está embolada, ficamos a quatro pontos do líder e a um do vice-líder. Era importante chegar a essa parada da Copa no grupo de cima e isso foi alcançado”, afirmou o defenso.

No Grêmio desde 2012, Werley destaca as boas campanhas defensivas feitas pelo time no período. Em seu primeiro Brasileirão no Olímpico, o Tricolor terminou a competição em terceiro lugar com a melhor defesa. Ano passado foi vice-campeão sendo o segundo time que menos sofreu gols. Neste ano, a equipe gremista foi eliminada da Libertadores com apenas dois tentos contra. Werley, no entanto, destaca o trabalho do time todo para proteger o gol de Marcelo Grohe.

“Faz dois anos que a nossa equipe vem apresentando bom desempenho defensivo. Tanto que tivemos a melhor defesa em 2012 e a segunda menos vazada em 2013. É fruto do trabalho de todo mundo, ninguém faz nada sozinho no futebol. Quando ganha, ganha todo mundo. Quando perde é a mesma coisa. Se uma zaga toma poucos gols é porque o time inteiro contribui. Tomara que a gente consiga manter esse aproveitamento da defesa no segundo semestre, porque o primeiro passo para vencer é não sofrer gol”, analisou.

Bookmark and Share


TAGS » Grêmio, Futebol, Esporte