Porto Alegre, sábado, 20 de Dezembro de 2014

  • 10/06/2014
  • 14:01
  • Atualização: 14:04

Brasileira tatua bandeira da Argentina e afirma: “Maradona foi melhor que Pelé”

Carioca Ana Helena de Souza Azevedo é torcedora do Boca e demonstra carinho por Messi e Riquelme

  • Comentários
  • Lancepress

Pelé ou Maradona: quem foi melhor? A resposta normalmente depende da nacionalidade. Contudo, a carioca Ana Helena de Souza Azevedo, apaixonada pela seleção argentina e pelo Boca Juniors, foge à regra e não titubeia ao responder que Dieguito foi o verdadeiro Rei do Futebol. “Eu era pequena quando a Argentina ganhou a Copa do Mundo. Lembro um pouquinho. Maradona era o melhor. Muito melhor que o Pelé, não dá para comparar. Ele é o verdadeiro Rei do Futebol”, disse.

O principal jogador do Mundial de 1986 não é o único ídolo argentino de Ana Helena. Ela também nutre carinho por dois craques atuais: Messi e Riquelme. Não é à toa que um deles é homônimo de seu animal de estimação. “Messi é o melhor do mundo, apesar de eu gostar do Riquelme também. Eu tenho um cachorro que se chama Riquelme, é um dálmata”, contou a torcedora, que nunca foi a uma partida da Argentina e tampouco ao país.

As paixões pela seleção argentina e também pelo Boca Juniors são tão grandes que ganharam a pele de Ana. Ela tatuou o símbolo do clube nas costas e a bandeira da nação no ombro direito. ”Não existe camisa do meu tamanho. Então, eu tatuei a bandeira da Argentina. Tem gente que fala que não sou torcedora por não ter camisa, mas está marcado na minha pele”, comentou.

Acompanhada do filho Wanderson de Souza Azevedo, Ana Helena foi ao Independência, na manhã desta terça-feira, para garantir ingressos para o treino aberto dos comandados de Alejandro Sabella no local.

Bookmark and Share