Porto Alegre, sábado, 25 de Outubro de 2014

  • 17/06/2014
  • 14:19
  • Atualização: 14:51

COL diz que problema no sistema de som do Beira-Rio está resolvido

No domingo, seleções da França e Honduras não tiveram seus hinos reproduzidos

  • Comentários
  • Gabriel Jacobsen/Rádio Guaíba

Após uma falha da Fifa que inviabilizou a execução dos hinos da França e de Honduras no primeiro jogo da Copa do Mundo no Beira-Rio, no último domingo, o Comitê Organizador Local (COL) da Fifa em Porto Alegre garantiu que o problema foi resolvido. Segundo o gerente do COL, Paulo Jukoski, consertos foram realizados e “está tudo resolvido” para execução dos hinos de Austrália e Holanda antes da partida desta quarta-feira, às 13h, no Beira-Rio.

Segundo o prefeito José Fortunati, a falha do último domingo ocorreu por conta de um curto-circuito no sistema de som do estádio ocorrido 10 minutos antes da cerimônia de execução dos hinos. O prefeito lembrou ainda que todo o estádio está sob responsabilidade da Fifa e não do Internacional ou da Prefeitura.

Ontem, a Fifa através de sua conta no Twitter, reproduziu uma carta assinada pelo secretário geral Jérôme Valcke, em que a entidade pede desculpas a Honduras pelo ocorrido e promete investigar por que os hinos nacionais não tocaram no estádio. A manifestação foi uma resposta à Federação Nacional Autônoma de Futebol de Honduras enviou uma carta à Fifa demonstrando irritação com o episódio. Os jogadores e dirigentes do time de Honduras demonstraram irritação com o episódio. A França lamentou o ocorrido, mas não se pronunciou oficialmente até o momento.

Bookmark and Share