Porto Alegre, sexta-feira, 28 de Novembro de 2014

  • 17/06/2014
  • 17:53
  • Atualização: 18:52

Brasil para no goleiro Ochoa e empata sem gols com México

Seleção Brasileira decidirá a vaga para as oitavas na última rodada do Grupo A

Goleiro mexicano teve grande atuação contra Brasil | Foto: Yuri Cortez / AFP / CP

Goleiro mexicano teve grande atuação contra Brasil | Foto: Yuri Cortez / AFP / CP

  • Comentários
  • Carmelito Bifano / Correio do Povo

O Brasil empatou em 0 a 0 com o México nesta terça-feira, no estádio Castelão, em Fortaleza. Com quatro defesas fundamentais, o goleiro Ochoa foi o grande nome do jogo, impedindo a Seleção Brasileira de chegar aos seis pontos e praticamente confirmar a passagem para as oitavas de final da Copa do Mundo.

Os comandados de Felipão não repetiram o bom rendimento do primeiro jogo do Mundial. Nas nas poucas oportunidades criadas, não conseguiram superar o ex-jogador do Ajaccio, da França, e que atualmente está sem clube, de 28 anos. Os mexicanos abusaram de chutes de longa distância e assustaram em diversas oportunidades.

O jogo

Depois de 10 minutos de um jogo disputado no meio de campo e muitas faltas, o Brasil criou a primeira oportunidade de gol com Fred. Oscar recebeu passe de Marcelo pelo lado esquerdo de ataque, avançou, passou por um marcador e cruzou para o centroavante. Fred bateu e a bola saiu próximo ao poste direito de Ochoa. Porém, o auxiliar já havia invalidado o lance por impedimento.

Após o lance, o Brasil passou a dominar as ações ofensivas, mas tinha dificuldades de passar pelo esquema defensivo com cinco no meio de campo e com três zagueiros montado pelo técnico mexicano Miguel Herrera. Buscando as laterais, os comandados de Felipão procuravam a cada instante servir o camisa 9, que perdeu duas oportunidades por estar em impedimento.

Os mexicanos reagiram aos 23 minutos e deram um susto na torcida brasileira. Herrera avançou pelo lado direto de ataque e arriscou da intermediária. Júlio Cesar saltou e espalmou pela linha de fundo. Dois minutos depois, a grande chance da Seleção na etapa inicial. Daniel Alves avançou pela direita e cruzou para Neymar cabecear forte de dentro da área. O goleiro mexicano Ochoa defendeu, a bola quicou em cima da linha e saiu.

O Brasil voltou a levar perigo aos 35 minutos em um escanteio cobrado por Neymar. Fred subiu mais alto que os marcadores e cabeceou. Porém, a bola saiu fraca e Ochoa fez defesa tranquila.

Com ambos os times tendo dificuldades de superar as defesas adversárias, a alternativa era tentar chutes de longa distância. Desta forma, Vazquez quase abriu o placar aos 41, mas a bola passou próxima a trave esquerda de Júlio Cesar. Dois minutos depois, Neymar bateu falta na área, David Luiz ajeitou e Paulinho finalizou em cima do goleiro mexicano.

No segundo tempo, Felipão retirou Ramires, que tinha cartão amarelo, e colocou Bernard. No primeiro lance da etapa final, Daniel Alves lançou o jogador, que invadiu a área e cruzou para Neymar. Maza Rodríguez se antecipou ao atacante do Barcelona e cabeceou para a linha de fundo.

Após o lance, o México passou a dominar as ações ofensivas e procurar arremates para tentar surpreender Júlio Cesar. Vazquez e Herrera chutaram por cima do poste superior e Giovani dos Santos para fácil defesa do goleiro brasileiro. Aos 17, Neymar bateu falta da intermediária e a bola passou próximo ao poste direito de Ochoa. Cinco minutos depois, Jô entrou na vaga de Fred.

Ochoa voltou a salvar o México aos 23 minutos. Marcelo cruzou da esquerda, Neymar ajeitou e bateu. O goleiro mexicano fez excelente defesa e evitou a abertura de placar. Depois de quase 20 minutos de muito combate no meio de campo e poucas oportunidades de gol, Neymar cobrou falta e Thiago Silva cabeceou livre na entrada da pequena área. Mais uma vez, Ochoa fez excelente defesa.

O México chegou duas vezes nos últimos minutos. Aos 44, Guardado arriscou de fora da área sobre o poste de Julio Cesar. Um minuto depois, Jimezes chutou forte e o goleiro brasileiro fez a defesa. Sem gols, ambos os times chegaram aos quatro pontos.

Na quarta-feira, às 19h, na Arena da Amazônia, Camarões e Croácia se enfrentam pela segunda rodada. As quatro seleções voltam a atuar na segunda-feira, dia 23, às 17h. O Brasil contra os africanos em Brasília e os mexicanos encaram os croatas em Pernambuco.

BRASIL 0
Júlio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz, Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho; Ramires (Bernard), Oscar (Willian), Neymar; Fred (Jô).
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

MÉXICO 0
Ochoa; Maza Rodríguez, Rafa Marquez e Moreno; Aguilar, Vázquez, Layún, Herrera (Fabian) e Guardado; Giovani dos Santos(Jimenez) e Peralta (Hernandez)
Técnico: Miguel Herrera.

Gols: -
Cartões amarelos: Ramires e Thiago Silva (BRA) e Vazquez e Aguilar (MEX)

Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR)
Assistentes: Bahattin Duran e Tarik Ongun (TUR)

Local: Castelão, em Fortaleza





Bookmark and Share