Porto Alegre, sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

  • 17/06/2014
  • 21:42
  • Atualização: 21:45

Van Gaal reclama de câmera no Beira-Rio e diz que usará “banquinho" para ver jogo

Técnico holandês reclamou da altura do banco de reservas do estádio colorado

Van Gaal reclamou de posicionamento de câmera no Beira-RIo | Foto: William Wets / AFP / CP

Van Gaal reclamou de posicionamento de câmera no Beira-RIo | Foto: William Wets / AFP / CP

  • Comentários
  • Lancepress

Louis Van Gaal fez uma queixa curiosa na entrevista coletiva pré-jogo contra a Austrália, na tarde desta terça-feira. O treinador holandês alegou que não conseguirá ver o jogo sentado no banco de reservas, como gosta, porque no Beira-Rio há uma câmera no meio que intercepta a visão.

“Na minha perspectiva a questão principal aqui é o futebol. Eu não tenho visão nenhuma do banco e eu tenho que ter. Terei que sentar no gramado. Uma câmera na nossa frente nos obriga a ficar de pé. Eu gosto de ficar sentado durante o jogo, sou técnico, parte do jogo, e deveria ter a visão total”,esbravejou na conferência.

O treinador, que disse ter feito uma reclamação a respeito à Fifa, explicou que o banco fica abaixo do nível do gramado e ironizou afirmando que precisará levar um "banquinho" para poder assistir à partida.

Com ou sem Van Gaal vendo a partida da forma que gosta, o fato é que a Holanda pode tornar-se nesta quarta-feira a primeira seleção classificada para as oitavas de final do Mundial do Brasil. Isso acontecerá caso a equipe supere a Austrália, às 13h, no estádio do Inter, e a Espanha não derrote o Chile logo depois, às 16h, no Maracanã.

Bookmark and Share