Porto Alegre, sábado, 29 de Novembro de 2014

  • 18/06/2014
  • 16:07
  • Atualização: 16:09

Técnico da Austrália lamenta derrota, mas exalta força do grupo

"Queríamos causar impacto e conseguimos nestes dois jogos", diz Ange Postecoglou

´´Queríamos causar impacto e conseguimos nestes dois jogos´´, diz Ange Postecoglou | Foto: Mauro Schaefer / CP

´´Queríamos causar impacto e conseguimos nestes dois jogos´´, diz Ange Postecoglou | Foto: Mauro Schaefer / CP

  • Comentários
  • Tiago Medina / Correio do Povo

Resignado, o técnico australiano Ange Postecoglou destacou a força apresentada por sua seleção nos jogos contra Chile e Holanda na Copa do Mundo. Com a derrota por 3 a 2 para os holandeses nesta quarta-feira no Beira-Rio, a equipe da Oceania está virtualmente eliminada da Copa.

"Realmente eles (jogadores da seleção da Austrália) jogaram muito bem hoje e não foram recompensados", lamentou o treinador, que destacou a evolução do futebol no país. "O objetivo é retornar daqui a quatro anos. Agora não tenho dúvida que os chilenos e os holandeses viram o nosso futebol".

Apesar do elogio, Postecoglou reconheceu que sua seleção não soube definir o jogo quando esteve melhor. "Na maior parte do jogo ficou parecendo que nós venceríamos", avaliou. "Em termos gerais, perdemos oportunidades e demos a chance à Holanda."

O técnico ainda isentou o goleiro Ryan de uma falha no terceiro gol holandês, cuja jogada iniciou após uma chance clara desperdiçada no ataque. "Entramos como uma equipe e perdemos como uma equipe." Entretanto, ele revelou que Ryan sentiu o gol sofrido: "Ele é jovem e está arrasado. Mas me mostre um goleiro que nunca falhou".

Mirando o futuro, Postecoglou exaltou o crescimento da Austrália, que no Brasil disputa a sua quarta Copa da história, sendo a terceira consecutiva: "Queremos crescer como uma nação futebolística. Essa é a nossa terceira Copa consecutiva e estamos nos fortalecendo a cada vez", avaliou.


Bookmark and Share