Correio do Povo

Porto Alegre, 23 de Julho de 2014


Porto Alegre
Agora
16ºC
Amanhã
15º


Faça sua Busca


Esportes > Futebol > Inter

ImprimirImprimir EnviarEnviar por e-mail Fale com a redaçãoFale com a redação Letra Diminuir letra Aumentar Letra

19/06/2014 18:52 - Atualizado em 19/06/2014 19:27

Alex entende escolha de Giuliano, mas brinca: "Vamos ter que dar uma pegada"

Meia minimizou a situação e disse que sempre respeitará história colorada do jogador contratado pelo Grêmio

Alex (e) quer dar uma pegada em Giuliano no primeiro confronto<br /><b>Crédito: </b> Alexandre Lops / Inter / CP
Alex (e) quer dar uma pegada em Giuliano no primeiro confronto
Crédito: Alexandre Lops / Inter / CP
Alex (e) quer dar uma pegada em Giuliano no primeiro confronto
Crédito: Alexandre Lops / Inter / CP

O Grêmio confirmou na última semana a contratação de Giuliano, destaque do Inte na conquista da Copa Libertadores de 2010. Apresentado nesta quinta-feira, o meia minimizou a situação e disse que sempre respeitará sua história colorada. Do outro lado, a chegada também repercutiu. O meia Alex, identificado com o Colorado, brincou com a situação e prometeu uma chegada mais forte no agora rival.

Giuliano e Alex não chegaram a atuar juntos. O primeiro chegou em 2010 e saiu ao final do ano, vendido ao Dnipro. Já Alex acabou negociado em 2009, após a conquista da Copa Sul-Americana como um dos destaques do Inter. O camisa 12 não vê como algo fora do comum a chegada do meia ao rival.

“Vejo como profissionalismo. Tenho uma historia mais longa, um apego maior no Inter. O Grêmio nunca me procurou. Jogadores que ficaram cinco, seis anos aqui, acho que fica mais difícil jogar no rival. Aprendemos a torcer para este time, como os gremistas que jogaram mais lá aprenderam. Mas há o lado profissional, interesse, às vezes, é a melhor opção. Ele não ficou muito tempo, mas tem uma caminhada vitoriosa. É um cara do bem. Vamos ter que dar uma pegada no tornozelo dele para que não nos atrapalhe (risos)”, brincou o camisa 12.

Alex ainda se recupera de lesão e não treina com o restante dos colegas no campo. O meia terminou a primeira parte do Brasileirão, antes da parada para a Copa, como desfalque para Abel Braga, para tratar dores no tornozelo esquerdo.

Bookmark and Share

Fonte: Lancepress






O que você deseja fazer?


Busca

EDIÇÕES ANTERIORES

Acervo de 09 de Junho de 1997 a 30 de Setembro de 2012. Para visualizar edições a partir de 1 de Outubro de 2012, acesse a Versão Digital do Correio do Povo. No menu, acesse “Opções” e clique em “Edições Anteriores”.